Vasco vê necessidade de centroavante aumentar após o jogo contra o Grêmio

A atuação do Vasco da Gama no jogo contra o Grêmio deixou mais evidente a necessidade de contratar um centroavante.

A derrota de 2 a 1 para o Grêmio poderia ser evitada se, além dos equívocos da arbitragem, o Vasco se mostrasse mais eficiente na conclusão de jogadas. Algumas oportunidades foram desperdiçadas e isso deixa ainda mais evidente para o técnico Vanderlei Luxemburgo a necessidade de se contratar um centroavante. A diretoria está no mercado procurando as opções para suprir a lacuna deixada pelo argentino Maxi López, que deixou o Cruz-Maltino antes mesmo de o Campeonato Brasileiro ser paralisado para a disputa da Copa América do Brasil. Mesmo no recesso, os dirigentes não tiveram sucesso nas negociações.

O centroavante que mais se aproximou de um acerto foi o equatoriano Juan Anangonó, que estava de saída da Liga Deportiva Universitaria, a LDU do Equador. O jogador chegou a aceitar a proposta vascaína, porém, não assinou contrato porque recebeu uma oportunidade muito boa no futebol chinês.

Vanderlei tem cobrado os dirigentes, pois, com a saída de Maxi López, Tiago Reis, revelado nas categorias de base, é tido como a única opção de origem, mas tratado como muito novo para ser considerado titular absoluto. Ribamar, outro centroavante do plantel, está fora dos planos do treinador e sequer vem treinando com o restante do elenco.

Contra o Grêmio, Vanderlei buscou alternativas dentro do elenco e improvisou Valdívia, sem muito sucesso, no setor. O quadro piora para a partida do próximo fim de semana, o clássico contra o Fluminense, às 11h (de Brasília), de sábado, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Isso por que Rossi, hoje considerado o atacante mais perigoso do time, fica de fora por cumprir suspensão, já que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio. O elenco, que ganhou folga nesta segunda-feira, volta a trabalhar na terça-feira pela manhã.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »