Vasco trabalha para dar volta por cima no Brasileiro

Com Vanderlei Luxemburgo, o Vasco da Gama busca melhora no Brasileiro e deve manter rotina de treinos em dois períodos.

Atual lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas um ponto em quatro rodadas, o Vasco vive momento conturbado na temporada. Para o novo treinador do clube, Vanderlei Luxemburgo, nada disso importa a partir de agora. A ideia do comandante é dar um novo ânimo aos jogadores com a ideia de iniciar tudo do zero.

O zagueiro Leandro Castan deixou claro, em entrevista coletiva, que o Vasco terá um recomeço a partir de agora. Com muita observação e conversa, Luxemburgo começa a mudar a rotina da equipe Cruz-Maltina.

- Acho que agora é vida nova. O professor conversou com a gente. O que ficou para trás não importa e nós temos agora um recomeço. Tivemos um começo ruim de competição, largamos mal no campeonato, mas temos oportunidade de já no domingo (contra o Avaí) fazermos uma grande partida. A ideia é dar uma arrancada no campeonato. Nossa equipe não merece estar ali e, agora com a ajuda do professor, tenho certeza que vamos sair dessa situação - disse Castan.

Como tem apenas o Brasileirão pela frente, Luxa deve tornar rotina o treinamento em dois períodos. Como o CT do Almirante não tem dormitórios para o descanso entre as atividades, o Vasco ainda precisará se adaptar ao novo momento.

Além disso, a parte física pode pesar. Com mais atividades, mesmo que o time tenha menos jogos do que os demais, a tendência é que o desgaste aumente. As lesões, inclusive, se tornaram um problema grande para o Cruz-Maltino em 2018 e neste ano, com o departamento médico sendo até questionado.

Pior início

O desejo por recuperação no Vasco é urgente. Após quatro rodadas no Campeonato Brasileiro, os números assustam e, com apenas um ponto, o Cruz-Maltino já tem o pior início desde 2003, momento em que a competição passou a ser disputada em pontos corridos.

A campanha é pior até do que nos anos em que o time de São Januário acabou rebaixado, em 2008, 2013 e 2015. O único ano que se assemelha é 2004, quando o Vasco também chegou à quinta rodada com um ponto. Porém, a equipe levou menos gols. Naquele momento, os vascaínos terminaram em 16º, com 54 pontos.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »