Vasco teve atuação segura na Ressacada e ganha moral para o clássico

O Vasco da Gama conseguiu fazer uma atuação segura contra o Avaí e ganhou moral para o clássico contra o Flamengo.

Com atuação segura, o Vasco fez bonito em Florianópolis. Ignorou a vantagem do empate, após os 3 a 2 no jogo de ida, na Colina, e voltou a vencer o Avaí, por 1 a 0, ontem, no Estádio da Ressacada. O gol de Yago Pikachu levou o time de Alberto Valentim à quarta fase da Copa do Brasil e deu moral para o primeiro duelo da final do Carioca, domingo, contra o Flamengo, no Engenhão.

No primeiro tempo, o Vasco optou por uma formação com maior poder de marcação e a tática deu certo. Com Lucas Santos na vaga de Bruno César, o time não só conteve as investidas do Avaí como criou boas chances de gol. Em uma delas, aos 12 minutos, Danilo Barcelos obrigou Vladimir a boa defesa.

Sem conseguir furar o bloqueio adversário, o Avaí tentou se impôr na base da força e jogadas ríspidas foram frequentes — em 20 minutos, quatro cartões amarelos já haviam sido distribuídos. Apesar de ligeira queda no ritmo, o que irritou Alberto Valentim, o Vasco foi para o vestiário com o 0 a 0 no placar graças à defesa milagrosa de Fernando Miguel em finalização à queima roupa de João Paulo, aos 46.

Após o intervalo, com o relógio como aliado, o Vasco passou a se aventurar um pouco mais no ataque. Com isso, impediu as investidas do Avaí e ficou mais tempo com a posse da bola, ensaiando a busca pela vitória — o que não impediu a perigosa cabeçada de Marquinhos Silva para difícil defesa de Fernando Miguel, aos 17.

Apesar do susto, Valentim manteve a postura avançada do Vasco. A entrada de Maxi López no lugar de Tiago Reis comprova isso. Mas a alteração que surtiu efeito foi a de Yan Sasse na vaga de Lucas Santos. Aos 25, o camisa 20 fez boa jogada pela direita e cruzou para Yago Pikachu se antecipar ao goleiro Vladimir para abrir o placar.

A vantagem no deu mais tranquilidade ao Vasco, que, mesmo assim, não abriu mão de buscar o gol. Para desespero do Avaí, que precisava virar o jogo, mas não mostrou a competência necessária para se classificar.

Leia mais sobre: Vasco x Avaí, Copa do Brasil

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »