Sequência de jogos do Vasco no Brasileiro não traz boas lembranças

O Vasco terá pela frente o Bahia, Paraná, Botafogo, Cruzeiro e Sport, alguns adversários que estão dentro ou próximos do Z4.

O Vasco seguirá fazendo muita conta para se afastar da zona de rebaixamento do Brasileiro. O recorte dos próximos cinco jogos da equipe não traz boas lembranças. Foram apenas duas vitórias. Na sequência com Bahia, Paraná, Botafogo, Cruzeiro e Sport, o time de São Januário venceu apenas o pernambucano e o paranaense, e empatou com o mineiro.

Fora o Cruzeiro, todos os demais estão dentro ou próximos da zona do perigo para a Série B. São, portanto, rivais diretos. Para piorar, apenas os duelos com Bahia e Cruzeiro serão em São Januário. Tirando o clássico contra o Botafogo, as demais partidas acontecem longe do domínio do Vasco.

O técnico Alberto Valentim terá os retornos de Desábato e Pikachu, que estavam suspensos. Giovanni Augusto, Leandro Castan, Henríquez e Rafael Galhardo estão novamente à disposição e também são opções.

Além da recuperação na tabela do Brasileiro, o Vasco tem outros problemas para resolver. Entre eles, se defender do processo movido pelo meia Wagner, que cobrou salários atrasados e rescindiu seu contrato na Justiça. O atleta não joga mais pelo Vasco e aguarda o desdobramento do caso. O clube entende que parcelou os valores mediante o pagamento de alguns patrocinadores.

A outra questão a ser resolvida também envolve as finanças do clube. O Conselho Deliberativo precisa marcar nova data para a votação do empréstimo de R$ 38 milhões ao Banco Daycoval, que foi adiada.

Em reunião há um mês, o adiamento foi decidido por apenas um voto de diferença (89 a 88) e sem previsão de nova data. Uma derrota para a atual administração.

Leia mais sobre: Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »