Vasco terá que torcer para Flamengo e Fluminense nesta rodada

Com a derrota para o Corinthians, o Vasco terá que torcer para Flamengo e Fluminense para não entrar no Z4 nesta rodada.

A famosa lei do ex castigou o Vasco e complicou ainda mais a situação do time no Campeonato Brasileiro. Em busca de uma vitória fora de casa, o Cruz-maltino não conseguiu furar a defesa do Corinthians e perdeu por 1 a 0, com gol de cabeça de Mateus Vital, cria das categorias de base do clube, na noite de sábado, na Arena Corinthians, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O resultado deixou o Vasco preocupado e prestes a entrar na zona de rebaixamento. Com 39 pontos e na 14ª posição, o time pode ser ultrapassado por Sport, Ceará e Chapecoense.

Já que não faz sua parte, resta ao Vasco contar com os rivais para não entrar na zona do rebaixamento. Após mais uma derrota no Brasileiro (desta vez para o Corinthians, por 1 a 0), os cruz-maltinos passarão o domingo na torcida pelo Flamengo, que enfrenta o Sport, em Recife. E, amanhã, será a vez de apoiar o Fluminense, que recebe o Ceará, no Maracanã.

Com 39 pontos, o time de Alberto Valentim só não se viu mais ameaçado porque o Vitória (em 18º, com 36) foi derrotado pelo Atlético-PR. A Chapecoense, que abre o Z-4, tem 37. E também joga hoje, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Secar é importante. Mas só os tropeços dos concorrentes não é suficiente. Os vascaínos precisam pontuar nas próximas três rodadas. Na quinta-feira, recebem o São Paulo, em São Januário.

— Não tem muito o que lamentar. Agora é descansar. Temos duas batalhas diretas em casa e, se vencemos as duas, escapamos do rebaixamento e vamos brigar pela Sul-Americana — disse Thiago Galhardo, referindo-se aos jogos contra São Paulo e Palmeiras.

É importante destacar que, apesar de ter jogado fora de casa, o Vasco não foi covarde. Depois de 25 minutos de domínio corintiano, a equipe cruz-maltina conseguiu controlar a bola, trocar passes e pressionar. Se o gol não saiu foi pelas limitações do time na criação. As melhores jogadas saíram dos pés de Kelvin, que usou seus dribles para abrir espaço. Mas não encontrou quem concluísse.

Sem conseguir aproveitar seu melhor momento na partida, o Vasco acabou penalizado pela “lei do ex". Logo aos 4m da etapa final, Mateus Vital aproveitou a desatenção de Raul e subiu sozinho para marcar de cabeça. A equipe de Alberto Valentim — que àquela altura já havia sido expulso de campo mais uma vez — demorou a reagir.

Só passou a pressionar na reta final do jogo, principalmente após a entrada de Caio Monteiro. Mas desperdiçou as chances que criou. A melhor delas, no último minuto, morreu no travessão junto com o chute de Henriquez. Uma mostra de como vai ser dramático o fim de ano na Colina.

Leia mais sobre: Vasco x Corinthians, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Reforços do Vasco para 2019

Veja mais notícias »