Vasco tenta patrocínios e diversão ao torcedor com a Batalha de Gigantes

Com a Batalha de Gigante, envolvendo ídolos e torcedores illustres, o Vasco da Gama tenta patrocínios e diversão ao torcedor.

Levar diversão ao torcedor, arrecadar dinheiro para ajudar a pagar o salário de funcionários e expor marcas em um período sem jogos. Ao aliar entretenimento, solidariedade e estratégia comercial, o Vasco idealizou e colocará em prática na quarta-feira a Batalha de Gigantes.

Até lá, a ideia de sucesso da iniciativa poderá ser reforçada pelo acerto com dois patrocinadores - exclusivos ao evento. Caso sejam confirmadas, as cotas aumentariam a renda das doações que podem ser feitas por torcedores para amenizar o atraso salarial intensificado na pandemia do novo coronavírus.

A competição entre duas equipes comandadas pelos ex-jogadores Donizete e Ricardo Rocha, com transmissão pela VascoTV, a partir das 20h, tentará ocupar parte do vazio deixado pela suspensão dos jogos. Com apresentação da jornalista Vanessa Riche direto de São Januário, a disputa reúne ainda as ex-nadadoras gêmeas Bia e Branca Feres e os artistas Juninho (Imaginasamba) e Andrezinho (Molejo). Estes últimos todos vascaínos, todos direto das suas casas.

- Vamos gerar entretenimento aos torcedores, mas com um caráter de disputa. A torcida sente falta, agora ela só está vendo a reprise de jogos. Vai ser uma brincadeira, uma gincana com perguntas e tarefas. Esperamos que o torcedor tenha uma experiência leve e um sentimento de estar em São Januário - explicou Fabio Monterosso, gerente de marketing do Vasco.

Batalha de Gigantes da Vasco TV

A ideia foi gestada ainda em maio e só saiu do papel com a certeza de oferecer algum retorno ao vascaíno. O clube evitou apenas fazer uma campanha de arrecadação, como a venda de ingressos simbólicos à reprise da final da Libertadores contra Barcelona-EQU feita pela TV Globo. Além disso, não poderia gerar despesa. Os participantes não cobrarão cachê e o custo de aproximadamente R$ 60 mil em estrutura e transmissão será bancado pela Brahma, outra parceira do clube.

- É um desafio enorme a todos os clubes manter os patrocínios sem a exposição dos jogos e sem a transmissão pela televisão. Temos de criar o novo o tempo inteiro para expor as marcas. Por isso, lançamos a campanha Continuamos Juntos para mostrar que as empresas se mantiveram ao lado do Vasco. É um reconhecimento a elas. Além disso, para este evento temos negociação com duas outras marcas que podemos ainda acertar - acrescentou Fabio Monterosso.

Como fazer as doações?

Desde o dia 25 de maio, interessados podem doar valores para a Batalha de Gigantes. As cotas são de R$ 10, R$ 30, R$ 50, R$ 100, R$ 500, R$ 1 mil, R$ 5 mil ou livre. Tudo é feito pelo site e, claro, durante a transmissão do evento.

Não há estimativa de arrecadação. Na venda de ingressos, o montante chegou a R$ 222,4 mil.

Trata-se de um projeto novo, ninguém fez isso. A torcida se engajou na venda de ingressos virtuais. O fluxo de arrecadação será na live, em praticamente duas horas. É difícil prever, mas a torcida do Vasco é engajada - finalizou o gerente de marketing.

Leia mais sobre: Variedades

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »