Vasco precisa pontuar no Brasileiro e tem cinco campanhas para se inspirar

O Vasco da Gama precisa se recuperar no Brasileiro e tem cinco campanhas para se inspirar e mudar a situação na competição.

O Campeonato Brasileiro ainda está no começo, mas a campanha do Vasco na competição já preocupa os seus torcedores.

Com sete jogos disputados, nem mesmo o América-RN em 2007 - que foi a pior campanha da história nos pontos corridos -, tinha tão poucos pontos quanto os cariocas em 2019.

Após a sétima rodada da Série A de 12 anos atrás, a equipe potiguar já era a lanterna, mas tinha quatro pontos ganhos, um a mais do que os cruzmaltinos possuem neste ano. Ao fim daquela temporada, o Atlético-GO terminou o Brasileirão com apenas 17 pontos e modestos 14,9% de aproveitamento. No torneio deste ano, até aqui, o Vasco conseguiu 14,2% dos pontos disputados.

Para se recuperar e evitar o quarto rebaixamento de sua história na primeira divisão, a equipe carioca tem outras cinco campanhas para se inspirar, considerando as edições do Brasileirão desde 2006, quando a competição começou a ser disputada por 20 times. Para ter mais chances de sucesso, no entanto, a reação precisa começar já na próxima partida, contra o Internacional em casa, nesta sexta-feira (8).

Em 2008, o momento do Fluminense era ainda pior que o do Vasco: apenas dois pontos ganhos depois das sete primeiras rodadas. Na oitava, o time tricolor empatou sem gols contra o Botafogo. Ao final do Brasileirão, o Flu somava 45 pontos, terminando na 14ª posição.

Seis anos depois, foi a vez do Figueirense se recuperar. Na sétima rodada, estava com três pontos, assim como o Vasco na edição deste ano. Arrancou empate em 1 a 1 contra o Flamengo no jogo seguinte e, no fim do ano, tinha 47 pontos ganhos e estava na 13ª posição.

Já em 2015, o Coritiba era quem tinha três pontos entre 21 possíveis. Ficou na igualdade com o Athletico-PR na oitava rodada e terminou a competição com 44 pontos, o suficiente para alcançar a 15ª colocação.

No ano passado, o Ceará foi quem começou em uma situação difícil. Também tinha três pontos a esta altura do campeonato, mas, ao contrário dos anteriores, o time perdeu para a Chapecoense na rodada de número 8. Reagiu com a chegada do técnico Lisca e terminou o Brasileirão em 15º, com 44 pontos.

Outro time que poderia servir de inspiração para o Vasco é a Portuguesa, que tinha três pontos na sétima jornada do Campeonato Brasileiro de 2013 e chegou a se recuperar, terminando o torneio na 11ª posição, com 48 pontos.

O problema é que, por conta da escalação irregular do atleta Héverton, na última rodada, a Lusa foi punida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de quatro pontos, o suficiente para ser rebaixada para a Série B do ano seguinte.

Leia mais sobre: Vasco x Internacional, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »