Vasco pode ter Luxemburgo como trunfo na busca por reforços

A diretoria do Vasco da Gama vai ao mercado em busca de reforços e pode ter o técnico Vanderlei Luxemburgo como trunfo.

Depois de um começo ruim no Campeonato Brasileiro - saiu da zona de rebaixamento apenas após a última rodada antes da paralisação para a Copa América -, a diretoria do Vasco promete ir ao mercado em busca de reforços para o elenco, visando o segundo semestre. Para isso, porém, terá de driblar as crises financeira e política pelas quais passa e, neste processo, pode ter o técnico Vanderlei Luxemburgo como "trunfo".

Desde quando chegou a São Januário, Luxemburgo parece ter "abraçado a causa" em fazer o Vasco não só conquistar melhores resultados em campo, como também elevar o patamar do elenco. Após a vitória sobre o Ceará, o treinador, ao comentar a chegada de novos nomes, não escondeu alguns problemas internos, como salários atrasados e a briga política.

"Hoje tinha premiação. Não falei. Eles estão mostrando que não estão correndo por dinheiro. Tem salários atrasados", disse o treinador, que completou:

"Preciso ir no mercado agora. Meu jogador sabe que preciso ir. Preciso convencer que é bom jogar no Vasco, que o Vasco busca. O Vasco precisa, definitivamente, resolver, sobre os salários e os poderes do Vasco. Eu não vou me cansar nunca de trabalhar. Tem que ter orgulho de estar aqui no Vasco da Gama".

Luxemburgo pode ajudar o Vasco nos reforços

Nesta missão, tem também André Mazzuco, diretor de futebol que estava no Paraná e chegou ao Cruzmaltino no início do mês, em meio ao "fogo cruzado" entre grupos políticos e com a chance de uma sindicância ser aberta contra o presidente Alexandre Campello - a ideia não foi aprovada pelo Conselho Deliberativo. O profissional terá esse período sem jogos para poder ficar ainda mais a par da situação do clube e conseguir viabilizar a contratação de reforços.

O primeiro, inclusive, está perto de ser anunciado: o clube tem negociações avançadas com Marquinho, ex-Fluminense, que estava no Athletico-PR.

Leia mais sobre: Futebol, Vanderlei Luxemburgo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »