Vasco pode ser o destino de Alex Santana do Paraná

O Vasco da Gama pode ser o destino do volante Alex Santana, que pertence ao Internacional, mas estava no Paraná em 2018.

O Internacional mantém um molde de sucesso para reforçar o caixa sem enfraquecer o time: vender atletas que estiveram emprestados. Na esteira das negociações de Valdívia e Anselmo, mais dois jogadores podem ser vendidos depois de períodos cedidos a outras equipes, e ajudar na recuperação financeira do Colorado. 

O primeiro é Marcinho. Destaque do Fortaleza campeão da Série B, o atacante de lado de campo tem 23 anos e disputou 25 jogos marcando três gols pela equipe cearense. Tem contrato até o meio do ano por lá, mas segundo apurou o UOL Esporte recebeu uma sondagem do exterior, que deve virar proposta oficial tão logo se abram as principais janelas de transferências. 

Já o segundo é Alex Santana. Emprestado ao Paraná em 2018, o meio-campista foi goleador da equipe lanterna do Brasileirão com quatro gols na competição. Ao todo fez 32 jogos pelo time paranista. 

Também com 23 anos, Santana recebeu uma sondagem do futebol japonês e a venda para Ásia é considerada o 'cenário ideal' para o atleta e também o Internacional. Porém, a demora na formalização do acordo gerou incerteza e outros três clubes o sondaram para empréstimos. 

Com vínculo até o fim do ano, Alex Santana não ficará no Inter de qualquer forma. Caso não seja vendido, irá para Vasco, Chapecoense ou Bahia. Do trio interessado, dois deles procuraram o agente do jogador, Chape e Bahia, e o Vasco entrou em contato com o Internacional, sendo o mais próximo de conseguir levar o atleta caso não se confirme a venda. 

Da lista de atletas disponíveis para serem negociados, o Inter já colocou mercado Mosoró no Novo Hamburgo e Gustavo Ferrareis no Botafogo. Ainda trata os últimos detalhes da ida de Léo Ortiz para o Red Bull Brasil, que pode ser impedida pelo interesse do Vitória em compor o negócio para liberação de Neilton também com ele. Andrigo é outro que defenderá o Rubro-Negro baiano. 

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Torcedores, calma!

Veja mais notícias »