Vasco passará por reformulação e poucos jogadores estão garantidos

O Vasco da Gama reformulará o elenco para a próxima temporada e Marcelo Alves será um dos poucos que deve permanecer.

Jorge Salgado acompanha treino do Vasco
Jorge Salgado acompanha treino do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Poucos estão garantidos no Vasco. Seja para domingo, quando enfrentar o Corinthians, em São Paulo, seja para a próxima temporada. O sentimento no clube é de necessidade de reformulação, a curto e a longo prazo.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não tem como pensar muito longe — suas atenções estão voltadas para o jogo na Neo Química Arena, que poderá rebaixar o Vasco à Série B. A semana cruz-maltina acontece com a perspectiva de mexidas na equipe que perdeu para o Internacional.

Marcelo Alves, um dos poucos que se salvam neste fim de Brasileiro dramático, deve ser titular. O companheiro de zaga deverá ser Ricardo Graça ou Leandro Castan. O capitão, alvo de críticas da torcida, tem adotado o silêncio nos últimos dias. Já a prata da casa tenta levantar o moral vascaíno antes do confronto com os paulistas.

— Seguimos dependendo das nossas próprias forças nesse Brasileirão — afirmou Ricardo Graça, mais apegado ao discurso motivacional do que à matemática, uma vez que o time precisa torcer contra o Bahia para se livrar da quarta queda.

Leonardo Gil deve ser barrado. Ele já havia perdido espaço com Luxemburgo, voltou a ser titular contra o Internacional, mas o desempenho diante dos gaúchos pode ter decretado sua saída, talvez definitiva.

Contratos longos podem ser obstáculo

Ele faz parte do grupo de atletas, pequeno, cujo contrato se encerra durante a temporada de 2021 — além dele, constam Marcelo Alves, Neto Borges, Henrique, Benítez e Ygor Catatau. Desses, o Vasco deve ficar apenas com Marcelo Alves. O caso de Benítez é uma incógnita, uma vez que os valores para compra são impeditivos.

Outros jogadores, com contrato mais longo, poderão deixar o clube ao fim da temporada 2020, independentemente de o time estar na Série A ou na Série B em 2021. O presidente Jorge Salgado já deixou claro que a prioridade no primeiro ano de gestão será otimizar os gastos com o elenco — em outras palavras, com investimentos semelhantes ao atual, obter resultados melhores. E isso passa necessariamente por uma reformulação do elenco. Se o pior acontecer, a necessidade de mudanças será ainda maior.

Entretanto, muitos nomes, alguns deles bastante contestados pela torcida, possuem vínculo mais longo com o clube da Colina. Neste caso, a diretoria terá de negociar a saída definitiva ou por empréstimo, sem gerar novos passivos trabalhistas para o Vasco.

Contrato curto (término até agosto)

Marcelo Alves, Neto Borges, Henrique, Leo Gil, Benítez, Ygor Catatau

Contrato médio (termino em dezembro)

Miranda, Léo Matos, Yago Pikachu, Andrey, Marcos Júnior, Gustavo Torres, Cano

Contrato longo (término em 2022 e diante)

Alexander, Lucão, Fernando Miguel, Ulisses, Werley, Ricardo Graça, Leandro Castan, Cayo Tenório, Riquelme, Caio Lopes, Bruno Gomes, Juninho, Carlinhos, Tiago Reis, Lucas Santos, Gabriel Pec, Vinícius, Talles Magno

Fonte: O Globo Online

12 comentários
  • Valdimar Medeiros - 19 de fevereiro de 2021

    Será que vamos ser rebaixado no campeonato carioca? Com essa politicagem…

    Responder
  • Antônio Carlos Dantas de Carvalho - 18 de fevereiro de 2021

    A POLITICA DO VASCO SO SBONTECE QUANDO O CLUBE EDTAR DISPUTANDO UM CAMPEONATO GRANDE PORQUE ISSO ACONTECE? BOTAR MÃO NA GRANA DOS PREMIOS DO VASCO

    Responder
  • Luiz Claudio - 18 de fevereiro de 2021

    Acredito que seja a hora de nós torcedores mostrarmos a força que possuímos e entrarmos na administração do Clube. Não sei como, mas uma representação da torcida deve fazer parte da administração e a outra levantar o time financeiramente. Se ficarmos atônitos, esperando que esses vermes saiam daqui a 2 anos, para nossa surpresa, outros vermes chegarão e darão continuidade. É hora do verdadeiro torcedor do Vasco se unir. É hora de entrarmos no octógono e lutarmos em defesa dessa equipe linda que lacrimeja os olhos de qqr um com sua camisa. Esperar que as coisas aconteçam não é a solução. Temos que ter voz ativa na administração, seja por bem ou seja por mal. Gritar que o Vasco é gigante não adianta. Temos que fazer o Vasco gigante e isso só será possível com a participação ativa no seio administrativo do clube.

    Responder
  • Fauazi Ribeiro cherene - 18 de fevereiro de 2021

    Eleições no Vasco parece filme do poderoso chefão, só mafioso.

    Responder
    • Antônio Carlos Dantas de Carvalho - 18 de fevereiro de 2021

      Concordo

  • Fauazi Ribeiro cherene - 18 de fevereiro de 2021

    Diretoria viciada em negociatas,vende um jogador por 30.000.000 e declara que vendeu por 10.000.000 e em bolsa o restante, isso em vinte anos.Por isso que toda eleição no Vasco quase acaba em morte.Só mafioso.

    Responder
  • Liberato pereira da Silva filho - 18 de fevereiro de 2021

    Certa vez estando no Rio ,entrei em um taxe cujo motorista era vascaíno em conversa revelou que há muito não ia a S.Januário e disse o motivo “Aquilo lá moço é um covil de ladrões ninguem lá está preocupado como o time e torcida ,é uma briga de interesse e todos compactuado com empresários “.Eu,não perdia um jogo do Vasco ,mas agora desiludido com esta atual situação ,quando o Vasco praticamente caiu para a segundona ,eu não mais verei jogos em que o Vasco estiver jogando ,não vou deixar de ser Vascaíno ,mas não vou ficar perto da TV ,vou procurar outras atrações .Este ano foi a gota dágua ,enquanto o time descia ladeira abaixo ,os coveiros do Clube brigavam pelo poder .É sempre uma politicagem nojenta a mesma que levou este incompetente Campelo a presidencia do Clube .Na segunda divisão a renda será baixa ,mas si tive que alguém pagar conta deste prejuizo ,bota na conta do tal José Luis que entre tantos erros ,ainda foi buscar um destemperado em Portugal pra dirigir o time que em muitos jogos mostra a falta de preparo fisico fazendo jogadores assistir o adversário jogar e ganhar fácil e um time que já foi gigante e hoje caminha para ser o América de amanhã.

    Responder
  • Hidelbrando Almeida - 18 de fevereiro de 2021

    Se cair de novo não vão ter o prazer de mim ter como torcedor até um dia ganhar um titulo com um time sério suando a camisa.

    Responder
  • Tom silva - 18 de fevereiro de 2021

    Salgado puxa a fila .

    Responder
  • Pedro Lopes - 18 de fevereiro de 2021

    Desse time de 2020. Têm que fica só o brasão e a tradição do vascao da Gama

    Responder
  • Vascaino - 18 de fevereiro de 2021

    Reformular é começar saindo essa diretoria trambiqueira. Sair todos esses VERMES escrotos de dentro do Vasco. Aí volto ser sócio e comprar produtos e ir a jogos. Enquanto vocês estiverem no Vasco. Meu dinheiro vocês não vão ver!!! Querem dinheiro?? Vão trabalhar!!!!

    Responder
  • Ailton - 18 de fevereiro de 2021

    Resumindo, tá fudido até 2022 com esse monte de tralha que ninguém vai querer, como sempre vão ficar encostados e recebendo pra depois entrar na justiça e ganhar mais uns milhões, time ridículo e diretoria de merda FDP, presidente bosta

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
31 de julho de 2021
Lisca encara 1º clássico pelo Vasco em busca de afirmação

O técnico do Vasco da Gama, Lisca, busca sua segunda vitória na Série B, mas do outro lado tem um adversário que vem embalado.

Vasco comemora classificação da Seleção à semifinal das Olimpíadas: ‘SeleVasco’

O Vasco da Gama ainda citou especial alguns jogadores na vitória, casos, por exemplo, de Paulinho, Richarlison e Douglas Luiz.

Vasco exalta participação do vascaíno Marcus D’Almeida nas Olimpíadas: ‘Parabéns’

O Vasco da Gama destacou o desempenho de Marcus D’Almeida, que ficou em nono no tiro com arco nas Olimpíadas de Tóquio.

São Januário receberá eventos da Secretaria da Mulher; Joyce Trindade celebra

O Vasco da Gama fechou uma parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro para receber eventos da Secretaria da Mulher.

Assista a trechos do treino do Vasco desta sexta no CT do Almirante

O Vasco da Gama realizou, nesta sexta (30), seu último treino antes de enfrentar o Botafogo pela 15ª rodada da Série B.

Lisca diz que MT é opção para a lateral contra o Botafogo e prega cautela sobre Romulo

Enquanto MT tem tudo para ser o lateral-esquerdo titular do Vasco da Gama contra o Botafogo, sábado (31), Romulo não tem retorno garantido.

Gilvan, zagueiro do Botafogo, vê jogo difícil contra o Vasco: ‘Equipe qualificada’

O zagueiro Gilvan, do Botafogo, projetou a vitória contra o Vasco da Gama, mas destacou que não será um jogo fácil.

Vasco coloca à venda ingressos virtuais para o clássico contra o Botafogo

O Vasco da Gama colocou à venda os ingressos virtuais para o clássico contra o Botafogo, que será na noite deste sábado.

Arbitragem para o jogo entre Botafogo e Vasco

Arbitragem para o jogo entre Botafogo e Vasco da Gama neste sábado (31), no Nilton Santos, pela Série B do Brasileiro.

Romildo desfalca o Botafogo contra o Vasco

O volante Romildo, do Botafogo, não estará disponível ao técnico Enderson Moreira no clássico contra o Vasco da Gama.

Veja mais notícias