Vasco lamenta mudança de local de treino e culpa rival: 'Torcida prejudicada'

O Vasco da Gama teve que realizar o treino fechado no Lindolfo Monteiro e afirmou que a torcida vascaína foi a maior prejudica.

Depois de desembarcar em Teresina na madrugada, o Vasco realizou no começo da noite desta terça-feira o único treino na capital do Piauí para o duelo contra o Altos, pela primeira fase da Copa do Brasil. A atividade antes marcada para o estádio Albertão, palco do confronto desta quarta-feira, às 21h30, foi transferida para outro estádio da capital, o Lindolfo Monteiro, no centro da cidade. Em nota, o Vasco mostrou frustração com a mudança de planos.

O clube explicou que a alteração foi necessária por que foi informado que não haveria possibilidade de realizar o treino conforme estava combinado no Albertão. O Altos, adversário da Copa do Brasil, treinou no mesmo horário e local. A diretoria do Altos se disse surpresa com o posicionamento do clube mandante.

O treino no Albertão, na zona sul de Teresina, estava previsto para as 18h, porém houve atraso na atividade do time adversário, o Altos, que também usou o Albertão no horário em que o Vasco havia programado sua atividade.

Por conta do choque de horários, o time cruz-maltino acabou se dirigindo para o Lindolfo Monteiro, mas sem avisar sobre a mudança nos planos. O clube explicou que a torcida foi prejudicada.

- Não houve outra alternativa a não ser mudar o local do treinamento para o estádio Lindolfo Monteiro. A intenção do Clube era treinar no Albertão com portões abertos para retribuir o carinho de seus torcedores na recepção da equipe na chegada a Teresina, na madrugada desta terça-feira. A torcida do Vasco foi a maior prejudicada por não poder acompanhar o último dia de preparação da equipe, já que a polícia orientou para que os portões não fossem abertos - detalhou, em nota, o Cruz-Maltino.

A atividade no Lindolfo Monteiro foi com portões fechados. Do lado de fora, dezenas de torcedores aguardaram a saída dos jogadores.

Treino do Vasco em Teresina

Nota Vasco

O Club de Regatas Vasco da Gama lamenta a impossibilidade de treinar diante de sua torcida no Estádio Albertão, em Teresina-PI - local do confronto com o Altos, pela primeira fase da Copa do Brasil. Agindo de acordo com a importância da competição, o Clube enviou representantes à capital do Piauí há cerca de duas semanas, quando ficou definido que a equipe treinaria às 16h, no estádio da partida.

No último domingo (9/2), à noite, o Clube foi informado que não haveria possibilidade de realizar a atividade conforme estava combinado, porque o Altos treinaria no mesmo horário e local. A diretoria vascaína conseguiu remarcar o trabalho para as 18h, mas novamente foi surpreendida na manhã desta terça-feira (11/2), com nova alteração do mandante.

Não houve outra alternativa a não ser mudar o local do treinamento para o Estádio Lindolfo Monteiro. A intenção do Clube era treinar no Albertão com portões abertos para retribuir o carinho de seus torcedores na recepção da equipe na chegada à Teresina, na madrugada desta terça-feira (11/02). A torcida do Vasco foi a maior prejudicada por não poder acompanhar o último dia de preparação da equipe, já que a polícia orientou para que os portões não fossem abertos.

O Vasco da Gama convoca os torcedores de Teresina para apoiar o time na saída do Hotel Blue Tree rumo ao Albertão, às 19h20, nesta quarta-feira (12/02).

Leia mais sobre: Vasco x Altos-PI, Copa do Brasil

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »