Vasco é um dos clubes com mais ex-jogadores na Seleção; veja o ranking

Fágner, Allan e Philippe Coutinho são os jogadores ex-Vasco da Gama que estão na Seleção que disputará a Copa América.

Palco da estreia na Copa América na próxima sexta-feira, contra a Bolívia, o Morumbi fará a seleção brasileira se sentir, literalmente, em casa. Além do apoio da torcida, o estádio é a casa do São Paulo, clube com o maior número de ex-jogadores entre os convocados de Tite.

Atuando no Brasil, vestiram a camisa tricolor Ederson, Miranda, Éder Militão, Casemiro e David Neres. Quinteto que supera em representatividade na seleção o Corinthians, que tem quatro atletas com passagens pela equipe: Cássio, Fagner (ambos ainda lá), Marquinhos e Willian.

Os dois clubes paulistas lideram o "DNA" do time verde e amarelo, no qual aparecem ainda outras 20 equipes, de gigantes como o Vasco a outras modestas, como o Real Noroeste-ES.

A equipe cruz-maltina, aliás, que não faz um bom Campeonato Brasileiro, é a terceira com maior representação na seleção, com o trio Fagner, Allan e Philippe Coutinho. Está empatada com o Grêmio, também com três atletas: Cássio, Allan e Everton (ainda tricolor).

Entre os clubes com dois representantes, uma surpresa, o Figueirense, que já teve Filipe Luís e Roberto Firmino. O mesmo número tem o Athletico Paranaense, de Alex Sandro e Fernandinho.

"Raízes" ainda vivas – Dos 23 convocados de Tite, apenas três ainda atuam no Brasil. Muitos dos que já se transferiram para a Europa, porém, mantêm a conexão com os ex-clubes.

Paquetá, por exemplo, único ex-Flamengo da seleção, acompanha os jogos via aplicativo de celular na Itália. "Deixei de ser jogador, mas continuo sendo torcedor", disse o meia.

Gabriel Jesus, representante solitário ex-Palmeiras, e Militão, ex-São Paulo, trocaram provocações quando seu ex-times se enfrentaram na semifinal do Campeonato Paulista. "Ele acabou me xingando, ficou bravo", brincou o zagueiro, que levou a melhor na ocasião.

Allan é outro que ainda acompanha o Vasco e mostra preocupação pelo momento do time – embora veja evolução com a chegada de Vanderlei Luxemburgo. "Dá uma saudade de vestir a camisa do Vasco, é sempre um prazer. Não está muito fácil, mas tem tudo para melhorar. Com o novo professor Luxemburgo já melhorou e espero que logo possa sair desse momento."

Veja onde atuaram no Brasil a seleção da Copa América:

São Paulo: Ederson, Miranda, Éder Militão, Casemiro e David Neres
Corinthians: Cássio, Fagner, Marquinhos e Willian
Grêmio: Cássio, Arthur e Everton
Vasco: Fagner, Allan e Philippe Coutinho
Atlhetico-PR: Alex Sandro e Fernandinho
Figueirense: Filipe Luís e Roberto Firmino
Fluminense: Thiago Silva e Richarlison
América-MG: Richarlison
Bahia: Daniel Alves
Coritiba: Miranda
CRB: Roberto Firmino
Flamengo: Lucas Paquetá
Fortaleza: Everton
Goiás: Arthur
Internacional: Alisson
Juventude: Thiago Silva
Palmeiras: Gabriel Jesus
PSTC: Fernandinho
Real Noroeste: Richarlison
Santos: Alex Sandro
Vitória: Fagner

Leia mais sobre: Fágner, Allan, Philippe Coutinho

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »