Vasco e Junior Barranquilla-COL possuem a melhor defesa da Sul-Americana

O Vasco da Gama não teve a meta vazada nas duas primeiras fases da Sul-Americana, e buscará manter assim nas oitavas de final.

Avatar
Por Willams Meneses
-  26 de novembro de 2020 às 15:13-  Atualizada em 26 de novembro de 2020 às 15:14
Leandro Castan durante o jogo contra o Caracas (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Já se passaram duas fases da Sul-Americana, começando nesta semana a disputa pelas oitavas de final. Presente na primeira e segunda, o Vasco da Gama já superou o Oriente Petrolero, da Bolívia, e o Caracas, da Venezuela na competição.

Em comum, o Vasco não teve a meta vazada por nenhuma das equipes. Contra o Oriente Petrolero, o Gigante venceu por 1×0 em São Januário e empatou em 0 a 0 fora de casa, repetindo a mesma coisa contra o Caracas, ganhando por 1×0 na Colina Histórica, e empatando sem gols na Venezuela.

Consistente na defesa quando o assunto é Sul-Americana, o Vasco aparece ao lado do Junior Barranquilla, da Colômbia, entre os times que ainda não tiveram a meta vazada, o que foi destacado pelo Twitter da competição no anúncio da partida contra o Defensa y Justicia.

– Entre os classificados, o #Vasco é um dos times que não sofreram gol no torneio, ao lado do #Junior.

O Vasco escreve nesta quinta-feira (26) mais um capítulo em sua caminhada na Sul-Americana. Às 21h30min, no estádio Norberto Tomaghello, o Gigante encara o Defensa y Justicia, da Argentina, no jogo de ida das oitavas de final da competição. A volta será na próxima semana, em São Januário.