Vasco é dono de 85% dos direitos econômicos de Andrey

O Vasco é dono de 85% dos direitos econômicos de Andrey e receberá cerca de R$ 75 milhões em caso de venda do volante.

Destaque do Vasco no Campeonato Brasileiro, o volante Andrey tem propostas para deixar São Januário. Um clube da França e outro da Itália já apresentaram propostas ao estafe do jogador e a tendência é de que as conversas cheguem à terceira parte interessada: o Vasco.

Andrey é representado por Giuliano Bertolucci, um dos agentes brasileiros com mais prestígio no exterior. Sua multa rescisória é considerada boa em São Januário - para clubes do exterior, ela gira em torno de 20 milhões de euros, aproximadamente R$ 88 milhões. Em caso de uma transferência com o pagamento da multa, o Vasco, detentor de 85% dos direitos econômicos do volante, receberia cerca de R$ 75 milhões.

O contrato do jogador com o clube de São Januário vai até dezembro de 2021, renovado pela última vez em maio do ano passado. Entre os profissionais desde 2016, somente este ano que ele conseguiu deslanchar. Nesta temporada, foram 38 partidas e seis gols marcados.

Apesar da ascensão em São Januário, não é tido como jogador inegociável pelo clube. Andrey chegou a ter atrito com o técnico Alberto Valentim na temporada. Além disso, o Vasco tem a necessidade de fazer dinheiro na atual janela de transferências, para conseguir manter o fluxo de caixa no começo de 2019, quando a mudança no formato de pagamento dos direitos de transmissão afetará as finanças dos clubes brasileiros.

Leia mais sobre: Andrey

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »