Vasco aposta em ações para atrair torcida durante pandemia

O Vasco da Gama aposta nos e-Sports, lives, interatividade e até em vaquinhas virtuais para atrair a torcida durante a pandemia.

Com a dura missão de tentar renovar o maior número possível de sócios em meio a pandemia do coronavírus, o Vasco tem focado na internet para não se desconectar de seus torcedores durante este período. Por isso, além da campanha propriamente dita de renovação, o clube tem apostado nos e-Sports, lives semanais, interatividade e até em vaquinhas virtuais para o pagamento de salários dos funcionários.

Recém-criado, o departamento de e-Sports teve o seu pontapé inicial no início do mês com um torneio de "Free Fire" (game de batalhas) entre sócios e torceres vascaínos. O campeonato teve a transmissão ao vivo da Vasco TV e contou ainda com narrador e comentarista.

O projeto ainda inclui futuramente uma escolinha de e-atletas dentro de São Januário e pretende abranger também os games PES, League of Legends (LoL), Clash Royale e Rainbow Six.

Já o departamento de comunicação e marketing tem apostado em duas frentes: as lives com convidados e as campanhas interativas nas redes sociais.

No caso das lives semanais, o principal produto são as entrevistas coletivas virtuais. Além da participação dos repórteres e de jogadores, dirigentes e membros da comissão técnica, os programas têm exibidos depoimentos de familiares dos atletas, perguntas de sócios e conta com artistas do mundo da música. Nesta quarentena, por exemplo, já participaram os grupos Menos é Mais e Di Propósito, além dos cantores Vitinho, Delacruz e MC Don Juan.

As lives têm também convidado jogadores marcantes que foram revelados pelo clube, casos de Paulinho (Bayer Leverkusen), Douglas Luiz (Aston Villa), Souza (Al-Ahli) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique), que gravou um depoimento. Apresentam o programa o jornalista Sandro Gama e o assessor de imprensa vascaíno Carlos Gregório Júnior.

Vasco realiza lives para interagir torcida

Vaquinha arrecada mais de R$ 200 mil para salários

Aproveitando o gancho da reprise da final da Libertadores de 1998 na TV Globo, domingo passado (24), o Vasco criou um "ingresso virtual", que variava entre R$ 10 e R$ 50, com o objetivo de amenizar a situação dos salários atrasados dos funcionários, que já chega aos quatro meses.

No total, foram arrecadados pouco mais de R$ 200 mil. O clube, porém, resolveu prosseguir com a arrecadação e criou a "Batalha dos Gigantes", uma gincana com craques do passado e torcedores ilustres, que acontecerá na próxima quarta-feira (3 de junho), na Vasco TV, e que também receberá doações aos funcionários.

Renovações passam das 28 mil

Após encerrar o período promocional que fez o clube ter mais de 180 mil associados e se tornar o maior programa de sócio-torcedor do Brasil, o Vasco agora tenta amenizar o provável "prejuízo" que a pandemia irá trazer justamente no período de renovação.

Por enquanto, mais de 28 mil sócios já haviam renovado até o fechamento desta reportagem. A grande maioria, que havia se cadastrado pelo cartão de crédito e teve sua renovação automática.

Leia mais sobre: Variedades

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »