Vasco ainda não teria pago empréstimo de Lucas Mineiro à Chapecoense

O Vasco ainda não teria pago o empréstimo do volante Lucas Mineiro, destaque do time, à Chapecoense, que é de R$ 150 mil.

O Vasco contratou para essa temporada 9 jogadores. Dentre eles, o maior destaque até o momento é o volante Lucas Mineiro. O jogador, desconhecido para a grande parte dos torcedores, hoje é um dos homens de confiança do técnico Alberto Valentim. Os números comprovam isso. Nos 9 jogos do ano, Lucas Mineiro foi titular em 8, sem sequer ter sido substituído. Foi poupado apenas na partida contra a Portuguesa, quando o treinador optou por uma equipe alternativa.

Em campo Lucas Mineiro não tem se destacado apenas pela marcação, mas também pela armação das jogadas e até mesmo pelo faro de gols. Ao todo já marcou 3, sendo o vice-artilheiro do Vasco em 2019, atrás apenas do atacante Marrony, que fez 4 gols. As boas atuações fizeram o volante cair nas graças dos vascaínos, que já enchem as redes sociais com memes divertidos.

Apesar de todo destaque e reconhecimento, o Vasco ainda não pagou pelo empréstimo de Lucas Mineiro. Para vencer a concorrência do Fluminense, que já estava com a contratação encaminhada, o Cruzmaltino ofereceu à Chapecoense R$ 150 mil. A negociação foi fechada e o volante foi cedido até dezembro deste ano, com opção de compra de 2 milhões de euros (cerca de R$ 8,5 milhões). O presidente da Chape, Plinio David de Nes Filho, o Maninho, vai estar na sede da CBF nesta sexta-feira (22), para o Conselho Técnico dos Clubes da Série A. No evento, espera encontrar o presidente Alexandre Campello e tratar sobre o pagamento da negociação.

Um ilustre desconhecido

Lucas Mineiro tem 22 anos e foi revelado pelo Vila Nova-MG. Foi contratado pela Chapecoense para reforçar a equipe sub-20, em 2015. Estreou nos profissionais em 2016, mas não conseguiu se destacar. Ano passado esteve emprestado à Ponte Preta, conseguindo boas atuações na reta final da Série B. Com o interesse de Fluminense e Vasco, a Chapecoense enxergou uma boa oportunidade de lucrar pelo atleta. Negociado com o Cruzmaltino, o jogador recebeu um reajuste salarial, passando a receber cerca de R$ 100 mil. O contrato de Lucas Mineiro com a Chapecoense vai até dezembro de 2020.

Leia mais sobre: Lucas Mineiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »