Vascaíno ganha ação judicial contra Athletico e Petraglia por briga em 2013

O vascaíno Reinaldo Faria, ganhou ação judicial contra Athletico-PR e Mario Celso Petraglia, por briga entre torcidas em 2013.

A briga generalizada entre torcedores na última rodada do Brasileirão 2013, em Joinville (SC), gerou uma ação judicial vencida em primeira instância pelo torcedor vascaíno Reinaldo Faria, que cobra cerca R$ 10 mil em indenização por dano moral do Athletico Paranaense e do presidente do Clube, Mario Celso Petraglia.

O torcedor esteve em Joinville naquele ano para assitir a partida entre o Gigante da Colina e Athletico-PR, na Arena Joinville, porém a briga parou o jogo aos 17 minutos do primeiro tempo, quando os paranaenses venciam por 1 a 0.

No ação judicial, Reinaldo Faria alegou 'total desrespeito ao direito do torcedor, em especial o direito à segurança nos estádios, pela falta de condições mínimas para a prática desportiva naquela localidade'. Ele também alegou que a briga gerou risco à sua integridade física, além de forte abalo emocional.

O advogado que está defendo a causa do torcedor cruzmaltino é o pré-candidato à presidencia do Vasco da Gama, Luiz Roberto Leven Siano. Athletico-PR e presidente do Clube recorrem.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »