Valentim não consegue solucionar os pontos negativos do Vasco

O técnico Alberto Valentim não consegue solucionar os pontos negativos do elenco vascaíno e não explora o lado positivo.

Logo na quarta fase da Copa do Brasil, o Vasco encontrou a difícil missão de enfrentar o Santos. Como já era aguardado, o time paulista partiu para cima e o técnico Alberto Valentim decidiu mudar a estratégia do time para segurar o máximo possível o placar. O resultado, porém, foi negativo. Derrota por 2 a 0 na Vila Belmiro.

Falta identidade ao time e qualidade na saída de bola, algo que também foi um problema contra o Flamengo. Com três volantes em campo, a equipe sentiu falta de um jogador para armar as jogadas e ajudar o restante da equipe a aproveitar os espaços cedidos pelo adversário. A equipe de Jorge Sampaoli não fez bom jogo, mas teve eficiência para construir a vantagem.

No início da temporada, o Vasco animou o torcedor e mostrou qualidades, dando uma perspectiva de melhora do que havia sido apresentado em 2018. O que se viu contra equipes de maior qualidade foi um time sem repertório e com dificuldades para solucionar os problemas. Os atletas que tem mais técnica não conseguem mostrar isso em campo. Outros pecam na intensidade e acabam comprometendo.

Mesmo com a mudança total do time, falta apresentar um futebol melhor. O Vasco finalizou duas vezes no gol (uma perigosa de Ricardo) e sete fora do alvo. Teve 41% de posse de bola e 308 passes certos, além de 45 errados. o mapa de calor do "Footstats" mostra que a equipe passou a maior parte do tempo concentrada no campo de defesa, investindo em seus avanços pelo lado esquerdo.

- A gente precisa fazer com que essa bola chegue mais no gol do adversário. Caprichar mais na penúltima, transformar essas jogadas de último terço em ocasiões mais claras de gol - lamentou Valentim.

Em alta fica Yan Sasse, que vem recuperando a confiança no time e aproveitando as chances que ganhou. Pikachu, novamente mal, Gabriel Félix, que foi regular, mas não tem qualidade para ser o reserva imediato, Danilo Barcelos, que errou nos dois gols, e Valentim saem em baixa.

O Vasco chega para os jogos decisivos e o início do Campeonato Brasileiro com o sinal de alerta ligado. Alberto Valentim vê sua equipe não corresponder e segue andando na corda bamba ao tentar salvar o trabalho. 

Leia mais sobre: Vasco x Santos, Alberto Valentim

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »