Valdívia e Marcos Júnior são apresentados oficialmente pelo Vasco

O Vasco da Gama apresentou oficialmente na tarde desta terça-feira Valdívia e Marcos Júnior como novos reforços do Clube.

O Vasco apresentou nesta terça-feira dois reforços para o Campeonato Brasileiro. O meia-atacante Valdivia, emprestado pelo Internacional, e o volante Marcos Junior, que veio em definitivo depois de atuar no Estadual pelo Bangu. Os dois jogadores já se colocaram à disposição de entrar em campo na próxima quarta-feira, pela segunda rodada do Brasileiro. Depois de ser goleado por 4 a 1 contra o Athletico (PR), o Vasco recebe o Atlético-MG, às 21h30.

- Eu sou fominha, quero jogar sempre. Vamos ver quando sair a relação, mas eu quero jogar - disse Valdivia, no início da entrevista coletiva.

A dupla foi apresentada pelo diretor de futebol Alexandre Faria. Os dois já estão regularizados e podem estrear com a camisa do Vasco. Além de Valdivia e Marcos Junior, o clube de São Januário contratou mais dois jogadores: o atacante Jairinho, que vem também do Bangu, e o goleiro Sidão, que ainda não foi anunciado pelo Vasco, mas treinou nessa segunda no CT do Almirante.

Sem jogar no Internacional, Valdivia, de 24 anos, agradeceu a oportunidade de jogar no Vasco e se disse muito feliz com a chance em mais um clube grande do Brasil. Além do Inter, ele também atuou pelo São Paulo e Atlético-MG. O empréstimo com o Vasco é até dezembro de 2019.

- Mais uma oportunidade de mostrar meu futebol, que não foi sorte - garantiu o meia-atacante, que deu a receita para o time ir forte contra o Galo. - Temos de ter atenção e botar medo dentro dos caras aqui em casa.

Valdívia e Marcos Júnior durante apresentação

Aos 23 anos, Marcos Junior chega a seu primeiro clube grande no futebol brasileiro. Ele foi destaque no Bangu, entrando na eleição de melhor volante do Campeonato Carioca. O contrato dele com o Vasco vai até dezembro de 2021.

- Isso aqui acho que é o ápice da minha carreira. Maior sonho que já realizei. É um gigante do país. Prefiro jogar de segundo volante, mas onde me colocarem eu vou jogar - afirmou o volante, lembrando que não será por falta de adaptação ao calor carioca. - Chegamos para somar, então tenho de estar preparado. Treinava lá em Bangu, sem sombra nenhuma, com 40 graus.

Leia mais sobre: Futebol, Valdívia, Marcos Júnior

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »