Valdir Bigode, Éder Luís e Bismarck opinam sobre maior ídolo do Vasco

Os jogadores do Vasco da Gama, Valdir Bigode, Éder Luís e Bismarck, opinaram sobre quem é o maior ídolo da história do Clube.

Em participação no podcast Dois na Área, da Rádio Globo, os ex-jogadores do Vasco da Gama, Valdir Bigode, Éder Luís e Bismarck, opinaram sobre quem é o maior ídolo da história do Gigante da Colina.

 Valdir Bigode

Também ídolo e um dos maiores artilheiros da história do Vasco, Valdir Bigode escolheu Roberto Dinamite, pelos seus números pelo Clube. Ele ainda apontou o grande ídolo recente do Cruzmaltino, onde escolheu Martín Silva.

- É até difícil dizer porque tem tantos jogadores, eu seria até injusto com alguns se não citá-los. Mas como tem que citar um, até pelos números, não tem jeito é o Roberto Dinamite. Agora, se você me perguntasse dos últimos anos, dos 10 ou 15 anos, eu citaria o Martín Silva. Eu trabalhei com ele, vi de longe e é um cara sensacional, que realmente vestiu a camisa do Vasco e representou muito bem.

Éder Luís

Campeão da Copa do Brasil de 2011 pelo Vasco, Éder Luís também escolheu Roberto Dinamite como maior ídolo da história do Clube. Em relação ao ídolo recente, o “Chico Bento” ficou com Felipe, com quem jogou junto no Gigante da Colina.

- Eu não o vi jogar, mas você sempre vê lances e para mim o maior ídolo é mesmo o Roberto Dinamite. Respeito a história do Edmundo, como joguei com outros grandes jogadores também como Felipe, Juninho Pernambucano e Dedé. Sobre ao ídolo recente, é difícil falar. Mas por ter convivido mais, eu fico com o Felipe, sem desmerecer o Juninho Pernambucano que também é um craque e um exemplo de profissional.

Bismarck

Meio-campista que teve sucesso em São Januário, Bismarck não teve dúvida e também escolheu Roberto Dinamite, com quem teve o prazer de jogar, como o maior ídolo da história do Vasco. Ele ainda destacou que hoje é difícil o Cruzmaltino criar um ídolo oriundo das categorias de base.

- Para mim o maior ídolo de todos os tempos do Vasco é Roberto Dinamite. O ídolo não se faz, ele acontece. No momento atual do Vasco fazer um ídolo na base é muito difícil. Eu acho que contratando o jogador mais carimbado, e ele vestindo a camisa do Vasco de forma que todos acreditem nele, pode se tornar um ídolo. Hoje o Clube não dá apoio nenhum ao jogador que vem da base.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »