Torcida do Vasco critica Marcelo Cabo por não escalar Matías Galarza contra o Cruzeiro

A ausência do paraguaio Matías Galarza no duelo entre Vasco da Gama e Cruzeiro gerou muitas críticas ao técnico Marcelo Cabo.

Matías Galarza durante treino do Vasco
Matías Galarza durante treino do Vasco (Foto: Reprodução Twitter de Matías Galarza)

O meio-campista Matías Galarza, do Vasco da Gama, não entrou em campo contra o Cruzeiro na última quinta-feira (24), em jogo válido pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

No confronto que aconteceu no Mineirão, o Gigante da Colina foi derrotado de virada por 2×1 pelo time mineiro que vive o pior momento da sua história. O jogo pífio diminui a esperança do torcedor que sonha com o acesso do Cruzmaltino à Série A do Campeonato Brasileiro.

Grande parte dos vascaínos criticaram Marcelo Cabo por não escalar Galarza, que foi comprado pelo Vasco por R$ 2,6 milhões, mas tem sido pouco aproveitado nos últimos jogos. Apesar de ter apresentado erros individuais contra o Avaí, muitos acreditam que o paraguaio deveria ter mais oportunidade.

O próximo desafio do Vasco será contra o Brusque, no domingo (27), no Estádio de São Januário. Há possibilidade de Galarza ganhar titularidade, porém ele tem a concorrência de Juninho, já que Bruno Gomes foi expulso contra o Cruzeiro.

Outro ponto que está gerando questionamento da torcida é a titularidade de Andrey. Sem Romulo e Michel, Cabo aposta em Andrey para o meio-campo, mesmo com a opção não sendo unanimidade entre os torcedores do Vascão da Gama.

Portanto, durante o restante da semana, a equipe cruzmaltina realizará alguns treinamentos para saber qual o time ideal para entrar em campo no próximo jogo.

14 comentários
  • Fábio Silva - 26 de junho de 2021

    Galera o problemas são os jogadores muito fracos, nenhum técnico vai dar jeito, não marcam e não atacam, dois quesitos importantes!

    Responder
  • Ivaldo Gomes - 25 de junho de 2021

    Não temos volantes de marcação. O que mais se aproxima disso é o Bruno Gomes, que ainda é muito inexperiente e às vezes pensa que é o Zidane. Aliás acontece isso também com o Andrei, que pensa que é o Iniesta e com o Juninho, que pensa que é o Juninho Pernambucano.
    Esses jovens podem até chegarem a ser excelentes jogadores, mas ainda têm um longo caminho a percorreram e precisam ter isso em mente. Precisam baixar a bola e terem mais humildade. Poderiam aprenderem com o Galarza.
    Como não temos volantes marcadores, eu tentaria a seguinte escalação:
    1. Lição ou Vanderlei
    2. Zeca
    3. Ernando( não tem outro)
    4. Castan
    5. Riquelme
    6. Léo Matos(tentaria de volante pelo lado direito)
    7. Miranda( tentaria de volante central)
    8. Galarza( volante pelo lado esquerdo)
    9. MT
    10. Cano
    11. Gabriel Pec ou Léo Jabá.
    Precisamos fechar a casinha. O Léo Matos é forte, rápido e marca bem. Pode jogar bem de volante. O Miranda também tem qualidades para jogar ali. Acredito que conseguiríamos um time mais fechado, com mais força e saída em velocidade.

    Responder
    • Ivaldo - 25 de junho de 2021

      Corrigindo, no gol, Lucão.

  • Ivaldo Gomes - 25 de junho de 2021

    O Vasco hoje não tem padrão de jogo, organização tática, força( que é tão requerida na série B) e vontade de ganhar os jogos. Vemos claramente um futebol medíocre, quando raramente sai na frente do placar, tenta se fechar e sair nos conta-ataques, sem a menor competência ou organização para isso. O nosso time não sabe marcar ninguém. Nesse contexto, o treinador Marcelo Cabo mostra-se perdido, não consegue organizar a casa e tenta encontrar as soluções fazendo substituições.

    Responder
  • MARCOS ALBERTO MATSUSHIMA - 25 de junho de 2021

    Não escala porque não sabe
    Técnico burro

    Responder
  • Genivaldo - 25 de junho de 2021

    Bruno Gomes tem que esfriar a cabeça quando for escalado na equipe titular, já não foi a primeira vez que ele é espulso por cabeça quente e nervosismo demais a ponto de prejucar a equipe; E outra comandante vascaino era pra entrar com Galarza pois tem mais poder de marcação que Andrey, este muito desatento e lento demais e toda a equipe falta marcar mais de perto, estão dando espaços demais ao adversário, falta marcar pressão algumas vezes pra forçar o erro do adversário; Cabo treinava seu antigo time assim, porque no Vasco não dá certo? ou ele não quer mais uma equipe que marca pressão e uma saída rápida de bola ou seus comandados não o obedecem!! Ta dificil de assistir Vasco jogar.

    Responder
  • Samuel Tarso - 25 de junho de 2021

    Lamentável meu amigo !! Concordo com você!! Triste ver um treinador bater cabeça

    Responder
  • Ivan+Carlos+Cardoso - 25 de junho de 2021

    ALEXANDRE PÁSSARO EU TENHO O SENHOR COMO UMA PESSOA INTELIGENTE MAS A DUA TEIMOSIA, EM MANTER ESSE TÉCNICO, É SINÔNIMO DE BURRICE. O TIME É MAL ESCALADO ALÉM DE NÃO APRESENTAR NENHUM PADRÃO DE JOGO
    OU MUDA JÁ OU TEREMOS MAIS UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA. ESPERAMOS QUD O SENHOR TOME AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS DE IMEDIATO..

    Responder
    • Samuel Tarso - 25 de junho de 2021

      Cada jogo um time diferente! Parece criança na escola trocando figurinhas !!

  • ROBERTO RANGEL - 25 de junho de 2021

    Concordo com o Liberato.O vasco presisa de trocar o técnico

    Responder
  • Aurélio Belido - 25 de junho de 2021

    O time ideal do Vasco é sem esse burro, incompetente, desse treinador imbecil.
    Time covarde, q não combate qdo o adversário está com a bola, ninguém marca, o adversário entra como quer nessa zaga fuleira.
    PRECISAMOS DE TREINADOR URGENTE.

    Responder
    • Samuel Tarso - 25 de junho de 2021

      E os que marcam ele deixou no banco! Vai entender

  • Liberato Pereira da Silva Filho - 25 de junho de 2021

    Sera que o presidente e membros da diretoria viram o jogo contra o Cruzeiro ?será que eles sabem que o time foi derrotado mais uma vez por falta de postura e colocação dos jogadores em campo ?será que não perceberam que Marcelo Cabo está perdido e mostra não ser o indicado a dirigir o time neste dificil serie B em que soma sete pontos em dez disputados .Contra o Cruzeiro escalou um time teóricamente bom ,mas em campo ,o comportamento em campo mostrou a falta de postura ,com a zaga desprotegida e,no segundo gol o cruzeirense estava livre para chutar e no primeiro ninguem foi na bola ,bola alta o que tem sido um pesadelo ,ninguém marca ninguém e como sempre o goleiro não sai para cortar .Ontem mostrou sua falta de visão e leitura do jogo,com quatro ou cinco no meio de campo ,tem um expulso de maneira infantil e seu adversário um defensor,lógico que ele teria que optar por um atacante ,mais sua falta de visão estratégica ,colocou Juninho um jogador de característica de peladeiro e que teve de ser substituido e depois ainda fez pior colocando mais dois atacantes para embolar no ataque .Não é treinador par o momento do Vasco .

    Responder
    • Luiz Carlos - 25 de junho de 2021

      Concordo contigo que você escreveu. Esse treinador já mostrou que não serve. Desde o fraco campeonato carioca. Se classificou aos trancos e barrancos na Copa do Brasil contra adversários fracos. Time desorganizado em campo, sem padrão de jogo( seis meses no cargo) escalações equivocadas ( sem time titular) muda a cada jogo, não sabe fazer alterações. Time sem rumo com um técnico perdido. Diretoria e a grande culpada e vai deixar pra tomar decisão quando o time estiver afundado na zona de rebaixamento como aconteceu ano passado quando mantiveram aquele técnico português que não sabia nada. E o mesmo filme. No final o que vai acontecer: queda, agora vai ser para terceira divisão.

Deixe sua opinião

Últimas notícias
29 de novembro de 2021
Camisas Negras emite nota após derrota do Vasco para o Londina no fim da Série B

Confira a nota do grupo Camisas Negras sobre o ano 2021 do Vasco da Gama, considerado o pior da sua história.

Willams Meneses: deu até saudade de passar vergonha na Série A

Finalmente terminou essa temporada tenebrosa do Vasco da Gama, e não poderia ser de uma forma diferente, passando vergonha novamente.

Edmundo comemora derrota do Flamengo e publica montagem

O atacante Edmundo comemorou a derrota do Flamengo e postou uma montagem com as camisas do Vasco da Gama e Palmeiras.

Ira Jovem exige saída de Luiz Mello e de outros integrantes da gestão do Vasco

A torcida organizada do Vasco da Gama, Força Jovem, ainda pediu para que os sócios estatutários assinem o pedido de AGE.

Vasco é o 8º brasileiro com mais títulos internacionais, ultrapassado pelo Palmeiras

Com a conquista da Libertadores, o Palmeiras chegou a cinco títulos internacionais e ultrapassou o Vasco da Gama, que tem quatro.

Zé Ricardo e Ricardo Gomes ganham força no Vasco; Anderson Barros segue indefinido

Zé Ricardo está resolvendo pendências em seu ex-clube, Ricardo Gomes está próximo do acerto com e Anderson Barros segue incerto no Palmeiras.

Ernando agradece e se despede do Vasco

Por meio de publicação no Instagram, o zagueiro Ernando se despediu do Vasco da Gama nesta segunda-feira, após o fim da Série B.

Zé Ricardo estaria animado com possível retorno ao Vasco

O técnico Zé Ricardo, de 50 anos, estaria animado para iniciar um trabalho do zero no Vasco da Gama na temporada 2022.

Sônia Andrade lamenta fase do Vasco e questiona crias da base: ‘Irreconhecíveis’

Sônia Andrade lamentou a situação do Vasco da Gama e se mostrou admirada com o desempenho ruim das crias da Colina.

Time da Virada pede renúncia da direitoria e de conselheiros do Vasco

No Facebook, o movimento Time da Virada pediu a renúncia da diretoria do Vasco da Gama e de conselheiros do Clube.

Veja mais notícias