Torcedor supera câncer assistindo ao Vasco e chora ao conhecer o time

O torcedor Marcinho superou um câncer depressão assistindo aos jogos do Vasco e realizou o sonho de conhecer os jogadores.

Quase 300km de estrada de Nazaré, interior do Piauí, à capital Teresina. As quatro horas de viagem nem foram tão longas assim quanto à caminhada de apenas 100 metros até Marcinho, torcedor do Vasco, prestes a realizar o sonho de conhecer, de perto, os jogadores do time cruz-maltino. Marcinho superou um câncer assistindo aos jogos do Gigante da Colina.

Devido à leucemia, parou na UTI, ficou em coma, entrou em depressão e o tempo no hospital acabou atrofiando suas mãos e pés. A torcida pelo Vasco o fez vencer a batalha contra a doença. Na capital do Piauí, local da estreia do clube carioca na Copa do Brasil, o torcedor se emocionou ao se encontrar com o time do coração que o salvou. Confira no vídeo acima.

- A única felicidade do dia era quando o Vasco jogava. Esquecia dos problemas da vida, aqueles 90 minutos... (chora). Eu esquecia. Fiquei muito debilitado pelas medicações. Minha felicidade foi o Vasco. Fiquei depressivo, tinha vergonha (não podia se mexer e dependia de todos para fazer tarefas básicas) e foi o Vasco que me fez sentir melhor. Ganhava força – relatou Marcinho.

Antes do encontro, mãos nervosas, olhares de que não acreditava no momento. A história de Marcinho chegou à diretoria do Vasco, que promoveu o encontro do time com o torcedor piauiense. Os olhares do vascaíno logo brilharam e encheram de lágrimas ao ver, tocar, tirar foto e agradecer o elenco cruz-maltino.

- Esse sonho era distante, de ver o Vasco. Achei que fosse impossível. Brilho nos olhos. Felicidade muito grande, perguntei se era real. A gente vê pela TV, aí tem a oportunidade de conhecer, é um choque – contou. Na UTI, a esposa dizia a Marcinho placares dos jogos, quando por causa da medicação Marcinho não podia assistir às partidas.

Marcinho conhece Leandro Castan

Fernando Miguel, Talles e Leandro Castan conversaram com Marcinho no hotel e conheceram a de fé – e superação – do vascaíno. O zagueiro, que retirou um tumor no cérebro e também “viu a vida passar pela frente” em uma situação de quase morte, confessou que histórias como a do torcedor do Piauí motivam o clube a ter força e iluminam a alma dos jogadores em campo.

- Fortalece ainda mais nossa relação com o torcedor. Fico feliz, se não fosse por Deus não estaria aqui hoje. Legal que minha história (cirurgia delicada que tive) também tenha servido de exemplo para ele. Ouvir a superação do Marcinho é uma felicidade, e feliz também por vestir a camisa do Vasco, que é uma instituição que ajuda as pessoas - agradeceu Castan.

Veja o vídeo:

Leia mais sobre: Vasco x Altos-PI, Futebol, Leandro Castan

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »