Thiago Galhardo lamenta saída do Vasco e revela que tem três propostas

O meia Thiago Galhardo, ex-jogador do Vasco da Gama, revelou que tem três propostas e que futuro está próximo de ser definido.

Não, não era miragem. Quem foi assistir ao treino da seleção brasileira na manhã desta quinta na Arena Olímpica de futebol de areia, no Rio, deparou-se com um rosto conhecido dos gramados. Desvinculado do Vasco após conseguir uma liminar na Justiça, na última terça, Thiago Galhardo treinou ao lado dos atuais campeões mundiais e ainda fez gol no "rachão". Em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com, o atleta de 29 anos falou sobre o seu futuro no futebol, mas evitou dar detalhes sobre sua conturbada saída do Vasco.

Mantendo a forma com um personal trainner desde que foi afastado do elenco cruz-maltino, há três semanas, Galhardo afirmou ter propostas de Fortaleza, Ceará e Chapecoense. O intuito do jogador é definir sua equipe até o início da próxima semana para estar apto a estrear na quarta rodada do Brasileiro.

- Tenho muitas sondagens, cerca de nove, mas propostas oficiais eu tenho três. Estou analisando todas com os meus empresários. Na terça saiu a decisão da Justiça, uma liminar, foi tudo muito rápido, então tem 48h que a gente está conversando. A tendência é que até segunda-feira a gente tenha algo. Espero estrear na quarta rodada. Vou precisar de uns dias para recuperar o ritmo, até porque é bem diferente você treinar em campo e manter a forma na areia - disse Galhardo.

Carioca com raízes em São João Del Rei, cidade histórica na região mineira do Campo das Vertentes, Galhardo afirmou que sua ideia era continuar no Rio. Dando uma leve pista sobre qual dos três clubes pretendentes será o seu destino, o meia falou sobre o seu gosto pela areia e pelo mar.

- Prefiro cidade praiana, isso é o que eu posso dizer a vocês (risos). Só que isso não vai afetar a minha decisão, é claro. Não queria sair do Rio, aqui estou em casa, mas tem coisas que acontecem no futebol que só quem é do meio sabe - comentou.

Sobre o Vasco, Thiago evitou falar sobre o seu polêmico afastamento após a semifinal do Carioca, contra o Bangu, quando passou a treinar separado do restante do elenco. Demonstrando gratidão ao clube da Colina, o meia enalteceu o seu desempenho pelo Cruz-maltino e agradeceu aos torcedores pelas mensagens enviadas nas redes sociais.

- O clube se posicionou da forma que queria. Só que é difícil negociar com clubes, principalmente com o Vasco. Fui à Justiça e acabei ganhando o que é de direito meu. Só tenho a agradecer os torcedores, que lotaram a minha rede social pedindo a minha permanência. Foram 52 jogos e nove gols pelo Vasco, uma satisfação imensa de vestir uma camisa como essa. Infelizmente terminou de uma forma que eu não queria - lamentou.

Thiago Galhardo lamenta saída do Vasco

Na areia, Thiago não fez feio. Mesmo com dificuldades para conduzir a bola, sua principal característica nos gramados, o meia teve boa participação no "rachão" dos jogadores da seleção e ainda fez um dos gols da vitória da sua equipe. Amigo de Bruno Xavier, um dos principais atletas do elenco comandado por Gilberto Costa, ele contou como surgiu o convite para treinar com a seleção.

- Na terça tive um convite do Bruno Xavier para ir jantar com a seleção no hotel, viver um pouco do que eles vivem, e acabei sendo surpreendido com esse convite deles para participar de um treino. Sentir essa energia da areia era uma coisa que eu só fazia jogando futevôlei. É uma honra poder estar aqui, estou lisonjeado e muito honrado de vestir a camisa da seleção - concluiu.

A seleção brasileira de futebol de areia se prepara para as Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial, que acontecem a partir do próximo domingo, no Rio. O evento será na Arena Olímpica, dentro do Parque Olímpico da Barra, com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

Leia mais sobre: Thiago Galhardo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »