Thiago Galhardo lamenta briga da torcida do Vasco

O meia Thiago Galhardo lamentou a briga entre os torcedores do Vasco da Gama durante jogo contra o Cruzeiro.

A goleada por 4 a 0 sofrida para o Cruzeiro derrubou o Vasco da Copa Libertadores e provocou uma grande confusão nas arquibancadas: os próprios torcedores cruz-maltinos brigaram entre si ainda no primeiro tempo, quando o placar já estava 3 a 0. Thiago Galhardo lamentou o ocorrido.

"Claro que a gente viu a briga da torcida, é algo que a gente não espera e não quer, mas às vezes os ânimos se exaltam. Não que seja certo ou errado, mas é difícil falar em um momento com esse", disse o meio-campista ao SporTV na saída de campo.

O entrevero teve início após parte dos torcedores xingarem o presidente Alexandre Campello e pedirem a volta de Julio Brant. Houve também gritos de "time sem vergonha". A arbitragem paralisou a partida e esperou que a briga terminasse, com o árbitro Anderson Daronco conversando com os capitães de Vasco e Cruzeiro.

Após muito gás de pimenta, a confusão só foi apartada após policiares militares fazerem um cordão de isolamento na arquibancada, separando os rivais. Em campo, o jogo foi retomado depois de sete minutos de paralisação. O problema se repetiu nos minutos finais da partida, que foram disputados enquanto torcedores trocavam socos e empurrões na arquibancada.

As brigas por motivos políticos não são novidade em São Januário. No ano passado, por exemplo, ainda durante a presidência de Eurico Miranda, não eram raros os conflitos começarem após parte da torcida criticar o presidente na arquibancada.

A derrota do Vasco eliminou a equipe da Copa Libertadores ainda na primeira fase. O time de Zé Ricardo entrou em campo contra o Cruzeiro pela sobrevivência no torneio, precisando de uma vitória para seguir com chances, mas tomou três gols consecutivos no primeiro tempo, e ainda sofreu o quarto no segundo.

"Diriam que a gente não chegaria na Libertadores, que não passaria da pré-Libertadores... Acho que nós fomos homens e tem reconhecimento disso na arquibancada", completou Galhardo.

Leia mais sobre: Vasco x Cruzeiro, Thiago Galhardo, Libertadores

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »