Sub-20: Thiago Reis se espelha em Maxi López e aprova apelido

Artilheiro do Vasco na Copinha, Thiago Reis diz que se espelha no atacante Maxi López e aprova apelido de "Triago" Reis.

Dos titulares que entraram em campo na vitória do Vasco sobre o Juventude neste sábado por 4 a 0 na segunda fase da Copinha, Tiago Reis é quem tem menos tempo de casa. O camisa 9 do Sub-20 cruz-maltino chegou a São Januário em agosto de 2018, vindo do Cruzeiro, e rapidamente se entrosou com os novos companheiros. Na Copa RS, no fim do ano passado, começou no banco e ganhou a titularidade ao longo da competição na qual o Vasco parou na semifinal. Foi o cartão de visitas que o garantiu como destaque do time na Copa SP.

- Fui muito bem recebido. Acho que no Vasco a gente tem um companheirismo muito grande. Não só os jogadores, mas a comissão técnica toda. É um clube muito unido - disse Tiago Reis, que nasceu em Brasília e que também jogou na base do Goiás.

Na Copinha, é o artilheiro do time, com quatro gols, três deles marcados diante do Juventude, o que lhe rendeu o apelido de "Triago" Reis.

- Bom, bom (risos). Que continue assim, sempre marcando de três para mais e ajudando minha equipe. Acho que assim a gente vai longe.

Com os três gols marcados neste sábado, Tiago Reis chegou a 17 na temporada do Sub-20, um a menos que o camisa 10, Lucas Santos, o principal artilheiro. Vale lembrar que "Triago" chegou em agosto ao clube. Mas, se depender do camisa 9, a briga pela artilharia é algo em segundo plano.

- A gente não pensa sobre isso, não. Lucas Santos é um grande parceiro meu, então a gente pensa sempre no próximo jogo. A gente só conversa sobre o que vai fazer no próximo jogo. A gente não tem essa vaidade, não, de quem marca mais gol. É mais um companheirismo de vencer o jogo - disse o atacante de 19 anos.

Apesar do pouco tempo de clube, Tiago Reis já elegeu um exemplo a seguir para chegar ao profissional: o argentino Maxi López.

- O grande ídolo do Vasco hoje é o Maxi. A gente sempre vê os vídeos dele, dos jogos dele. A gente vê que ele é diferente. Busco me espelhar nele, no que ele joga, no que ele faz com a bola no pé.

A próxima chance de manter o apelido goleador é na terceira fase da Copinha. O Vasco encara o vencedor de Manthiqueira e Tubarão na próxima segunda-feira, 14, no estádio Joaquinzão, em Taubaté, em horário a ser definido.

Leia mais sobre: Sub-20

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »