Souza fala em voltar ao Vasco e torce por saída de Jorge Jesus do Flamengo

O volante Souza reafirmou o desejo de voltar a jogar pelo Vasco da Gama e revelou torcida para Jorge Jesus deixar o Flamengo.

Atualmente no Al Ahli, na Turquia, o volante Souza não escondeu o desejo de retornar ao Vasco da Gama, clube que o revelou. Convidado do Fox Sports Rádio desta quarta-feira, o jogador afirmou que, assim como outros atletas, deseja retornar ao Cruz-maltino para colocá-lo novamente em 'seu devido lugar'.

"A gente sabe que não é fácil. Para mim é um pouco mais tranquilo poder voltar ao clube porque, daqui um ano, meu contrato acaba, mas a gente sabe que outros jogadores que têm esse desejo, como o Allan Kardec, o Alex, o Coutinho, de repente, é uma situação mais difícil", disse o jogador, que seguiu:

"Espero um dia reunir novamente essa galera toda no clube que nos criou para que a gente possa colocar o Vasco no seu devido lugar novamente. A gente sabe que não é fácil, mas é algo que a gente pretende".

O volante, que também passou por São Paulo e Grêmio, ainda falou sobre o sucesso de Jorge Jesus no rival Flamengo. Sem se surpreender com os bons resultados do português no futebol brasileiro, Souza afirmou que, sem o comandante, o Rubro-negro não teria o mesmo êxito.

"Eu sei da qualidade que ele tem como treinador. Eu sabia que ele conseguiria implantar no Flamengo o que nenhum treinador brasileiro conseguiu até o momento, porque ele cobra demais. Eu sabia que, no Flamengo, ele ia dar certo, pelas peças que ele tem em mãos e pela forma de trabalhar dele, que exige o perfeccionismo o tempo todo", disse Souza, que enfrentou J. Jesus em mais de uma oportunidade.

"O Flamengo é uma equipe top, qualificada, diferenciada no Brasil, só que, se não tivesse um treinador como o Jorge Jesus, não teria o sucesso que está tendo. Acho que, de repente, saindo o Jorge Jesus, outro perfil que encaixaria muito bem aí seria o Jorge Sampaoli. Agora, fora isso, tenho minhas dúvidas se o Flamengo seria o mesmo sem um desses dois treinadores que mencionei", completou.

Segundo o volante, nem Abel Braga, antecessor do português do Fla, conseguiria repetir o feito de Jorge Jesus. Agora, Vanderlei Luxemburgo, seu técnico no Grêmio, e atualmente no Palmeiras, tem condições de se aproximar do trabalho do comandante rubro-negro.

Souza reafirma desejo de voltar ao Vasco

"Com todo o respeito ao trabalho que o Abel fez no Brasil, não tenho dúvida que não seria a mesma coisa. Eu posso mencionar um ou dois treinadores brasileiros que conseguiriam fazer o Flamengo jogar de uma forma mais parecida com a que o Jorge Jesus vem fazendo. Eu creio que, na mão do Abel, naquele contexto, acho que não conseguiria não", opinou Souza.

"(Luxemburgo) É um treinador que eu tenho certeza que, dando qualidade para ele trabalhar, ele conseguiria fazer um trabalho similar ao do Jorge. Não vou dizer o mesmo trabalho, porque, às vezes, as coisas são decididas em detalhes, mas poderia ser parecido, porque tem um método de trabalhar parecido, que cobra bastante o jogador, é um cara que entende muito taticamente de futebol. Ele é um dos caras que eu coloco como top que eu trabalhei no Brasil e acho que teria grande sucesso", completou.

Atualmente em Portugal por conta da pandemia de coronavírus, Jorge Jesus tem contrato com o Flamengo até junho deste ano. E, no que depender do vascaíno Souza, o treinador voltará para o futebol europeu:

"Até agora estou torcendo para que ele vá embora. Eu continuo torcendo para que algum clube europeu pegue ele de volta", brincou.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »