Sócio pede na Justiça o afastamento de 4 presidentes de poderes do Vasco; Campello está incluso

Um sócio do Vasco da Gama entrou com pedido na Justiça visando o afastamento de presidentes de quatro poderes do Clube.

Alexandre Campello, presidente do Vasco, durante entrevista coletiva
Alexandre Campello, presidente do Vasco, durante entrevista coletiva (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

A política vascaína segue a todo vapor às vésperas da eleição, que será em 7 de novembro, ganhando um novo capítulo na manhã desta terça-feira (22). Um sócio entrou com pedido de liminar no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) para o afastamento do presidente administrativo, Alexandre Campello e outros quatro integrantes dos poderes do Clube.

Os outros são: Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, Edmilson Valentim, presidente do Conselho Fiscal e Silvio Godoi, presidente do Conselho de Beneméritos. O caso está na 22ª Vara Cível e a decisão sobre o pedido de liminar deve sair ainda hoje. A informação foi publicada pelo site Esporte News Mundo, que apresentou trechos da justificativa do sócio.

Nos trechos em questão, o sócio, que não teve o nome revelado, disse que é uma ‘medida essencial para assegurar que as eleições sejam realizadas com segurança’, e que os presidentes dos poderes estão ‘causando embaraços na realização das eleições limpas, violando direitos dos sócios e beneficiando sócios inadimplentes, cujo objetivo é criar direitos e modificar obrigações, a fim de satisfazer seus interesses pessoais’.

Ele ainda solicitou que seja incluído na lista de sócios votantes para que deixem de excluí-lo sob pena de uma multa diária, justificando que ‘não há motivos para sua exclusão, razão pela qual, muito indignado, requer a tutela liminar para que os réus incluam seu nome na lista de sócios elegíveis bem como a responsabilização dos responsáveis por infração ao estatuto e à lei’.

Nenhum dos envolvidos se manifestou até o momento em que está matéria foi fechada. Não tem sido novidade a política no Vasco estar envolvida com a Justiça. Muito pelo contrário. Recentemente, o resultado da Assembleia Geral Extraordinária, que aprovou as eleições diretas, teve o seu resultado sob judice após ação de um sócio, mas a liminar foi negada e a aprovação mantida. Cabe recurso. A informação também foi trazida pelo Esporte News Mundo.

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Alexandre Mattos cita demora em contato como motivo de não acerto com o Vasco

O diretor executivo Alexandre Mattos ainda negou que o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, tenha o perguntado sobre a carreira.

Confira a escalação do Vasco contra o LGD/Karanba pelo Carioca Feminino Sub-18

Veja a escalação do Vasco da Gama para o jogo contra o LGD/Karanba pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

Carol Paiffer assina documento de sigilo e se reunirá com o Vasco nesta quinta-feira

A investidora Carol Paiffer se reunirá com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, além do CEO Luiz Mello, nesta quinta-feira.

Eduardo Freeland confirma sondagem do Vasco, mas seguirá no Botafogo

O diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland, disse que houve uma conversa de presidentes, mas que seguirá no projeto botafoguense.

Torcedor adiciona canguru em plano de sócio do Vasco

Gabriel Cavera, torcedor vascaíno que mora na Austrália, adicionou um canguru ao plano de sócio animal do Vasco da Gama.

Mesmo na Série B, Vasco segue entre os preferidos de investidores árabes

O Vasco da Gama figura ‘lista’ de preferência de bilionários árabes que querem investir no futebol brasileiro.

Zé Ricardo comandou o Vasco em momento conturbado entre 2017 e 2018

O técnico Zé Ricardo comandou o Vasco da Gama em um dos momentos mais turbulentos da história do Clube entre 2017 e 2018.

Vasco enfrenta o LGD/Karanba nesta quarta pelo Carioca Feminino Sub-18

Vasco da Gama e LGD/Karanba se enfrentarão nesta quarta-feira em jogo válido pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

São Januário e Sede Administrativa do Vasco amanhecem com faixas de protesto

Nesta quarta-feira o entorno do Estádio de São Januário e a Sede Administrativa do Vasco da Gama amanheceram com faixas de protesto.

Vira Vasco pede renúnica da diretoria do Vasco

No seu perfil no Instagram, a Vira Vasco pediu a renúncia da diretoria do Vasco da Gama, devido a fase que o Clube vive.

Veja mais notícias