Site destaca o que o Vasco precisa fazer para não ser rebaixado

Site apontou o erros na derrota para o Corinthians e diz o que o Vasco precisa fazer neste momento complicado no Brasileiro.

Daqui a duas semanas, o Campeonato Brasileiro chegará ao seu fim na edição de 2018. Para o Vasco, este período será o mais importante de 2018 para o clube, que definirá se conseguirá ou não se salvar do rebaixamento na competição. A situação é delicada, já que o time tem apenas 39 pontos e encara uma sequência ingrata e difícil, contra São Paulo e Palmeiras, em São Januário, e Ceará, na Arena Castelão. Mas não é impossível. Neste momento tenso, todos no Vasco precisam de calma, atenção e pés no chão. Como fazer isto? O LANCE! destrincha abaixo, analisando.

Primeiro vamos falar sobre a calma. Na derrota para o Corinthians, na noite do último sábado, em São Paulo, o técnico Alberto Valentim, quem deveria ser referência de atitude junto aos seus jogadores, se exaltou demais e acabou sendo expulso pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio. Sim, a arbitragem prejudicou no resultado final da partida, principalmente por não ter marcado um pênalti claro de Danilo Avelar em Marrony no segundo tempo, é necessário deixar isto registrado. Mas o árbitro não errou nesta expulsão de Valentim, o que fez o auxiliar Fernando Miranda comandar o Vasco no segundo tempo.

Não é de hoje que Alberto Valentim vem reclamando, durante os jogos, com o quarto árbitro, gesticulando demais contra as equipes de arbitragem. Neste jogo contra o Corinthians em específico, passou boa parte do primeiro tempo reclamando. No acréscimo, na questão do escanteio depois do tempo dado pelo árbitro, Valentim pode ter sua razão em reclamar, mas deveria ter sido de maneira mais tranquila, digamos. Ter invadido o campo para contestar a expulsão no intervalo, por exemplo, deve ser usado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva para denunciá-lo, o que pode render uma suspensão. O que faria a falta de calma do treinador prejudicar o Vasco quando não pode mais falhar...

Agora, falaremos da necessidade da atenção. Neste ponto, até juntaria o fato de que é melhor fazer o simples do que o complicado, de olho na conquista dos objetivos. O Vasco precisa de atenção ao decidir qualquer atitude dentro e fora das quatro linhas. E mais uma vez recai sobre Alberto Valentim. Raul na lateral direita não consegue ir bem, ele vai bem apenas quando joga de volante, sua posição de origem. Como Yago Pikachu não vem jogando como o esperado no meio de campo, o certo deveria tê-lo colocado na lateral direita, sua posição de origem, ao invés do meio. Qual foi o resultado desta escolha errada? Mais uma falta de atenção do Raul, que nada fez no lance que Mateus Vital, cria do Vasco e hoje no Corinthians, fez o gol que selou a derrota cruz-maltina.

Por fim, a obrigação de manter os pés no chão. A luta do Vasco é contra o rebaixamento, e não por uma vaga na Conmebol Sul-Americana. Mais uma vez, por exemplo, o meia Thiago Galhardo saiu de campo, desta vez na derrota para o Corinthians, afirmando que o time ainda vai tentar brigar para se classificar ao torneio internacional. Vamos pontuar bem pontuado: o torcedor do Vasco NÃO quer saber de Sul-Americana, Thiago Galhardo. O torcedor do Vasco quer é se salvar de um novo vexame, de um novo rebaixamento, o que seria o quarto da história do clube. Se após estes últimos três jogos, além de garantir a permanência na elite nacional, vier o bônus de ir à Sul-Americana, tudo bem, se comemora. Mas falar agora sobre Sul-Americana, quando o risco de cair existe e é grande, é surreal e vai ao pensamento oposto de todo vascaíno.

Enfim, daqui até o dia 2 de dezembro o Vasco tem de fazer tudo o que não fez até agora na temporada. O torcedor do Vasco não merece ver mais uma vez o ano perdido. O clube, de tantas glórias e conquistas, de uma história rica de vitórias em todos os sentidos, não merece passar por mais um episódio de rebaixamento. Jogadores, comissão técnica e diretoria do Vasco precisam entender tudo isto, antes que seja tarde demais. Calma, atenção e pés no chão são pontos essenciais nesta busca do Vasco pela salvação neste fim de temporada. Vamos honrar mais a camisa do Vasco!

Leia mais sobre: Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Reforços do Vasco para 2019

Veja mais notícias »