Vasco tem retrospecto favorável contra o Santos em São Januário

O Vasco quer aproveitar o bom retrospecto contra o Santos em São Januário, para buscar a classificação na Copa do Brasil.

Entre os 12 clubes tradicionalmente considerados grandes do Brasil, nenhum sofreu tanto diante do Vasco em São Januário nesta década quanto o Santos. O passado não entra em campo, não faz gols, mas se o time, no recorte temporal de dois rebaixamentos e uma série de campanhas ruins, conseguiu emplacar quatro vitórias e um empate contra o rival na Colina, o retrospecto serve de alento para o jogo desta quarta-feira.

A partir das 19h15, a equipe carioca tentará abrir vantagem de dois gols no placar para ao menos levar a disputa para os pênaltis — os santistas venceram o jogo de ida por 2 a 0. Das quatro vitórias do Vasco sobre o Santos na década, três foram com essa margem de diferença. O empate em 2 a 2 foi justamente a última partida entre as equipes na Colina, resultado que ocorreu em circunstância bem parecida com a desta noite: os times se enfrentavam pela Copa do Brasil, e o Vasco também precisava vencer por dois ou mais gols de diferença para avançar.

A aposta do técnico interino Marcos Valadares, que vislumbra na virada a chance de seguir um pouco mais à frente do time principal, é no trio de ataque formado por Yago Pikachu, Marrony e Maxi López. No mais, deverá repetir a equipe que começou a partida de domingo, contra o Flamengo, na final do Estadual, no Maracanã.

— Podemos fazer um grande jogo contra o Santos. Estou contente com a chance recebida — disse Valadares ao site oficial do clube.

A diretoria aposta ao menos numa nova postura dos jogadores depois da saída do técnico Alberto Valentim, cujo ambiente no vestiário estava longe de ser dos melhores. A torcida, acalentada pela demissão do treinador, ainda torce o nariz para o diretor de futebol Alexandre Faria. Uma classificação esta noite pode sinalizar uma trégua e dar tempo para a diretoria procurar um técnico substituto com calma. Por enquanto, Dorival Júnior segue como favorito do clube.

Galhardo na Justiça

Outra questão que a diretoria precisa resolver atende pelo nome de Thiago Galhardo, que está afastado, e o clube tenta vender. O meia conseguiu na Justiça uma liminar para rescindir o contrato. Ele interessa ao Ceará para a disputa do Campeonato Brasileiro.

O Vasco alega que já pagou as dívidas citadas pelo jogador na ação judicial e que tentará tratar do seu desligamento de forma amigável.

Outro que está de partida é Guilherme Costa. O meia, sem espaço no elenco, será emprestado ao CRB, de Alagoas, para a disputa da segunda divisão do Brasileiro. O jogador já havia sido repassado para o Vitória ano passado. A tendência é que outros jogadores do elenco sejam emprestados. Ao mesmo tempo, o time procura um goleiro para a reserva de Fernando Miguel.

Leia mais sobre: Vasco x Santos, Copa do Brasil

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »