Jorge Salgado se manifesta após declaração de empresário de Benítez

Jorge Salgado admitiu não ter condições de pagar R$ 20 milhões por 60% dos direitos econômicos de Martín Benítez.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  23 de dezembro de 2020 às 19:50-  Atualizada em 23 de dezembro de 2020 às 20:05
Martín Benítez
Martín Benítez (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
data-full-width-responsive="true"

Em declaração ao ge nesta quarta-feira, o empresário de Martín Benítez tratou como “tema encerrado” a negociação pela permanência do argentino em São Januário e disse que ele volta ao Independiente após o dia 31. O clube detentor dos direitos econômicos do meia adotou mesma linha. No início da noite, porém, o presidente eleito do Vasco, Jorge Salgado, manifestou-se. E afirmou ver pouca cooperação das outras partes envolvidas.

– Tenho acompanhado as declarações do empresário do Benítez. A minha percepção é a seguinte: se um lado não está aberto a acordo, vai ser difícil um acordo sair. Desde o fim do processo eleitoral estou buscando o diálogo com o Independiente e com o empresário no sentido de se fazer cumprir uma orientação da FIFA: a de adaptar os contratos a vencer às novas datas do fim da temporada por conta do COVID-19. Esse procedimento está sendo realizado em todo o mundo, inclusive com clubes na Champions League.

– O pleito do Vasco é justo e razoável. É nossa prioridade estender o contrato do Benítez até o fim do Brasileiro. Se o Independiente e o empresário que representa o Benítez se mostram inflexíveis em relação à permanência dele no Vasco, parece que não é a vontade deles que o atleta conclua o campeonato com nosso grupo. Nessa situação não vejo condições de se avaliar um investimento de R$ 20 milhões. Espero que não seja esse o desfecho, principalmente porque continuamos abertos a negociação, damos um grande valor ao atleta Benítez, mas não estamos vendo a mesma dedicação do outro lado.

Confira abaixo o que Adrian Castellanos, agente de Benítez, disse mais cedo:

– Falei com o presidente Salgado e ele só pretende estender o empréstimo, mas o Independiente não aceita. Já o informei. Para mim, é um tema encerrado. Benítez volta à Argentina no final do ano – disse o agente em contato com o ge.

O Independiente, por meio de seu diretor esportivo, Jorge Damiani, também afirmou que os argentinos já buscam um novo clube para Benítez.

– Não, não falou comigo e tampouco com o presidente. O Independiente conversa com outro clube brasileiro, com um turno, com um saudita e outro da MLS. Todos esses estão interessados. Lamentavelmente, o Vasco está perdendo a opção de comprá-lo. Certamente, em 30 de dezembro, o Benítez volta ao Independiente ou irá para outro clube.

Antes das eleições presidenciais, Alexandre Campello se aproximou de acordo para pagar R$ 20 milhões por 60% dos direitos econômicos. Como não venceu o pleito, achou por bem não deixar dívidas para seu sucessor.

Fonte: Globo Esporte