Roberto Monteiro não vê validade estatutária em reunião de candidatos

O presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, Roberto Monteiro, não vê validade estatutária em reunião dos candidatos.

Roberto Monteiro, Presidente do Conselho Deliberativo do Vasco
Roberto Monteiro, Presidente do Conselho Deliberativo do Vasco (Foto: Fred Gomes)

O presidente do Conselho Deliberativo do Vasco, Roberto Monteiro, não enxerga validade estatutária na reunião convocada para hoje (5), às 11h, em São Januário, com os candidatos e presidentes de poderes e que tem o propósito de se definir os rumos da eleição presidencial.

Em seu Twitter, o dirigente – além de atacar o presidente da Assembleia Geral, Faues Cherene Jassus, o Mussa – frisou que “não existe essa história de candidato escolher data de eleição”, citando o artigo 58 do estatuto do clube:

Via Whatsapp, o UOL Esporte questionou Monteiro se, com este posicionamento na rede social, sua conclusão era a de que a reunião entre os candidatos não teria validade estatutária, e ele respondeu:

“Corretíssimo. Eles querem rasgar o estatuto”.

O artigo 58 do estatuto do Vasco, citado por Monteiro, destaca a Junta Deliberativa, que é formada pelos presidentes de poderes do clube: “De três em três anos, na primeira quinzena de novembro e 60 dias, pelo menos, após a publicação da ata definitiva de que trata o artigo 61 deste estatuto, na data marcada pela junta a que se refere o mesmo artigo, reunir-se-ão em Assembleia Geral, os sócios não compreendidos nas referências VI, VII e XIII e XVI, do artigo 11, em pleno gozo de seus direitos sociais e existentes até um ano antes do dia anterior à verificação disposta no artigo 61, para o fim exclusivo de: (…)”.

O presidente do Conselho Deliberativo também deixou claro que não irá comparecer ao encontro em São Januário:

“Não fui comunicado de nada oficialmente”.

Vale lembrar que tanto Roberto Monteiro quanto o presidente do Conselho Fiscal, Edmilson Valentim, já não haviam participado da primeira reunião, na última terça-feira (3), assim como Mussa, que alegou problemas de saúde para a ausência.

Escolha de empresa e debate sobre o formato

O propósito oficial da reunião marcada para São Januário entre os candidatos e presidentes de poderes é definir a empresa que irá gerir a votação online na eleição do Vasco. Porém, já é esperado que os envolvidos também debatam sobre o formato do pleito.

Na última terça, a Justiça acatou uma ação de Mussa e determinou que a eleição seja exclusivamente virtual e no próximo dia 14, algo que não agradou a maioria dos presidenciáveis, que desejavam uma votação híbrida, ou seja, com o sócio podendo escolher entre votar online ou presencialmente. Este formato é o preferido dos candidatos Alexandre Campello, Jorge Salgado, Leven Siano e Sérgio Frias. Julio Brant se posicionou dizendo que prefere aguardar um parecer técnico da empresa contratada.

Mussa, por sua vez, ainda no dia 3, já havia emitido uma nota oficial dizendo que manteria a decisão judicial e que não há tempo hábil para a implementação do pleito híbrido. Desde ontem (4), no entanto, conversas nos bastidores entre as chapas tentam convencer o presidente da Assembleia Geral a mudar de ideia. Não está descartado que a eleição seja adiada novamente caso isso aconteça.

Fonte: Uol

Leia mais sobreRoberto Monteiro
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Pássaro entrega relatório com realizações e cita benefício de R$ 77 milhões ao Vasco

O ex-diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, entregou um relatório com pontos que seu trabalho teria melhorado no Clube.

Paiffer explica importância de pesquisa com torcedores e afirma que não sugeriu SAF

Com reunião nesta quinta (02) com a diretoria, Carol Paiffer se manifestou nesta quarta (01) sobre assuntos relacionados ao Vasco da Gama.

Andrey se despede do Vasco: ‘Aqui sempre vai existir um coração vascaíno’

Na despedida do Vasco da Gama, o volante Andrey publicou um emocionado texto de despedida citando a trajetória e agradecendo.

Números de Michel, Ernando e Walber pelo Vasco

Confira os números de Michel, Ernando e Walber, que estão oficialmente fora do Vasco da Gama para a próxima temporada.

Gilmar Ferreira afirma que Zé Ricardo está apalavrado com o Vasco

Grande favorito para assumir o Vasco da Gama, o técnico Zé Ricardo ainda não resolveu todas as pendências com o Qatar SC, seu ex-clube.

Fora do Vasco, Andrey analisa proposta de clubes da Série A e do exterior

Depois de oficializada a saída do Vasco da Gama, o volante Andrey agora busca um novo destino, o que ainda está em aberto.

Vasco confirma saídas de Ernando, Michel e Walber

O Vasco da Gama confirmou nesta quarta-feira que Michel e dos zagueiros Ernando e Walber não seguiram no Clube.

Andrey deixa o Vasco após 17 anos

Formado na base, o volante Andrey, que está em São Januário desde 2004, deixou o Vasco da Gama depois de 17 anos.

Vasco vence o Karanba por 1 x 0 pelo Carioca Feminino Sub-18

As meninas do Vasco da Gama venceram o Karanba por 1×0, no Estádio Nivaldo Pereira, pela terceira rodada do Carioca Feminino Sub-18.

Vasco encerra negociações com Ricardo Gomes

O Vasco da Gama encerrou as negociações com Ricardo Gomes, que seria contratado para o cargo de CEO de futebol.

Veja mais notícias