Ricardo Sá Pinto lamenta derrota e reclama de falta em Parede

O técnico Ricardo Sá Pinto se diz orgulhoso pela atuação do Vasco da Gama e diz que a equipe não merecia a derrota.

Ricardo Sá Pinto durante o jogo contra o Corinthians
Ricardo Sá Pinto durante o jogo contra o Corinthians (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

A continuidade do período que já vai em nove jogos sem vencer indica que os três pontos novamente fugiram do Vasco. E a derrota para o Corinthians, na estreia do técnico Ricardo Sá Pinto deixou no português sentimentos mistos: orgulho pela atuação, sentimento de que a vitória do Cruz-Maltino seria um resultado mais justo, mas, ao mesmo tempo, reclamações sobre uma possível falta em Guilherme Parede no lance que resultou no gol derradeiro.

– A forma como preparamos o jogo foi boa, os jogadores entenderam e melhoraram muito. A equipe estava mais compacta, no bloco médio e pressionando também. Tivemos mais capacidade com a bola do que nos últimos jogos. Controlamos o adversário, que veio jogar no nosso erro. Estou muito orgulhoso pela forma como a equipe tentou. No processo defensivo e ofensivo. Sabíamos explorar os pontos fracos do adversário – valorizou, antes de concluir:

– Fizemos um segundo tempo muito bom. Poderíamos ter causado algum desequilíbrio. Tivemos oportunidades, bola na trave, arriscamos para empatar e depois reequilibramos com o Bruno (Gomes), mas sem perder velocidade com Talles, Parede e Luquinhas (Lucas Santos). Por uma má decisão aqui ou ali, poderíamos ter feito o segundo gol. Há discussão de falta no Parede, ele me disse que levou um pontapé. Teria que ver, anular o gol. Minimamente um empate. Nunca ter perdido esse jogo. Estou orgulhoso do que eles tentaram fazer. Lutaram, acreditaram. Foi um bom jogo de parte a parte. O Corinthians também foi bem, mas não merecíamos perder. Nosso processo é esse. Hoje não foi para o nosso lado, mas vai ser. Não nos resta outra coisa que não continuar – decretou.

Fonte: Lancenet

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de setembro de 2021
Vasco projeta 8 mil ingressos contra o Goiás e 11 mil diante do Coritiba; preço reduzirá

O Vasco da Gama tem o intuito de atingir os 50% de ocupação liberados pela prefeitura no jogo contra o Coritiba, pela 30ª rodada da Série B.

Castan e Graça buscam sequência em dupla antiga, mas pouco usada no Vasco

Zagueiros mais antigos do elenco do Vasco da Gama, Leandro Castan e Ricardo Graça jogaram juntos poucas vezes ao longo dos anos.

Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Nenê celebra reestreia pelo Vasco e destaca participação em gol: ‘Muito feliz’

O meio-campista do Vasco da Gama, Nenê, teve uma boa reestreia e se mostrou muito satisfeito em ter participado do gol diante do CRB.

Luxemburgo cumprirá suspensão e Cruzeiro será comandado do Belletti contra o Vasco

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, foi expulso contra o Operário-PR e não vai reencontrar o Vasco da Gama neste domingo.

17 de setembro de 2021
Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Leven detona gestão por disponibilizar apenas mil ingressos no domingo: ‘Burros!’

Decisão da diretoria do Vasco da Gama de levar somente mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro revoltou Leven Siano.

Saiba como será a venda de ingressos para o jogo entre Vasco x Cruzeiro

Veja todos os detalhes que cercam a venda de ingressos e os requisitos necessários para estar em São Januário no jogo contra o Cruzeiro.

Ingresso de Vasco x Cruzeiro custará R$ 250 e será apenas para sócios; Osório explica

O Vasco da Gama deve aumentar a carga de ingressos para os jogos posteriores e ainda reduzir o preço visando maior presença de torcedores.

Presidente do Fluminense explica saída de Nenê: ‘Todas as partes ficaram felizes’

Segundo Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, o meio-campista Nenê pediu um vínculo mais longo, o que o Vasco da Gama queria oferecer.

Veja mais notícias