Ricardo Sá Pinto comemora vitória contra o Sport e destaca eficiência do Vasco

Ricardo Sá Pinto afirmou que sua equipe não conseguiu ser perfeita contra o Sport, mas fez o suficiente para o vitória.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  14 de novembro de 2020 às 20:06-  Atualizada em 16 de novembro de 2020 às 16:23
Ricardo Sá Pinto conquista 1ª vitória no Brasileiro
Ricardo Sá Pinto conquista 1ª vitória no Brasileiro (Foto: Matias Delacroix//AFP)
data-full-width-responsive="true"

Fora de casa, o Vasco conseguiu uma grande vitória sobre o Sport, por 2 a 0, na tarde deste domingo. Após a partida, o treinador Ricardo Sá Pinto destacou que a equipe não foi perfeita, mas fez o necessário para sair com os três pontos.

– Vitória de todos nós. Este Brasileirão é muito competitivo, todos jogos serão difíceis. Ganhamos bem hoje, mas o adversário tem valor e pode criar problemas. Não conseguimos ser perfeitos, mas conseguimos ser suficientemente bons para vencermos. Então muitos parabéns à equipe e aos jogadores que estiveram de fora – disse.

O treinador também ressaltou que é complicado manter a equipe na mesma intensidade durante os 90 minutos, tendo em vista o calendário. Sá Pinto afirmou que precisa recuperar os jogadores o mais rápido para a próxima partida.

– Não consigo estar regulares os 90 minutos, até porque o adversário tem valor, estávamos jogando na casa deles, vínhamos há nove jogos sem ganhar. A equipe tem margem para crescer. A maior contrariedade no momento é que eu queria elevar os índices fisiológicos, mas ao mesmo tempo recuperá-los para quinta. Minha preocupação é recuperá-los para os próximos jogos. Espero que o time consiga recuperar bem para fazermos outro bom jogo contra o Fortaleza. Vai ser um jogo muito difícil – completou.

Ricardo também comentou sobre as atuações de Benítez e Talles, que estiveram abaixo na partida. O treinador destacou que os jogadores ainda podem melhorar fisicamente.

– Beni ofensivamente ajuda muito a equipe e tem capacidade de melhorar ainda. Procura o jogo, cria faltas, dá passes e tem boa bola parada. Precisa ser mais incisivo no último terço, fazer mais gols e dar mais assistências. Gostaria de manter mais tempo o Beni ou o Talles, muitas vezes tenho que abdicar da qualidade deles. Fisicamente o Beni e o Talles podem melhorar muito. Beni estava parado há muito tempo, todos os jogadores vão crescer fisicamente – disse.

Fonte: Lancenet