Ribamar reconhece rendimento abaixo do esperado e quer reverter a situação

Ribamar ainda não conseguiu se firmar no Vasco da Gama e espera reverter a situação após parada para a Copa América.

Contratado no final do ano a pedido do ex-técnico Alberto Valentim junto ao Pyramids, do Egito, Ribamar ainda não conseguiu se firmar no Vasco e, já no Campeonato Carioca, perdeu a posição de reserva imediato do argentino Máxi López para o jovem Tiago Reis.

O atacante, de 22 anos, que até agora participou de 14 jogos e marcou apenas um gol, reconhece que não conseguiu render o esperado e tem esperanças em reverter essa situação após a Copa América e criar expectativa diferente nos torcedores.

- Eu sou um cara que me cobro muito, mas procuro fazer isso de uma forma que me ajude e não que me atrapalhe. Muitas vezes o momento coletivo não é o ideal e isso prejudica o individual. É preciso manter as convicções no seu trabalho e saber onde precisa melhorar e o que pode manter, pois cada atleta tem seus defeitos e qualidades.

Revelado pelo Botafogo, onde se destacou no Campeonato Carioca de 2016 e acabou vendido ao 1860 München, da Alemanha, Ribamar diz que ganhou novo ânimo com a chegada de Vanderlei Luxemburgo.

- Acredito que a primeira coisa que mudou foi o clima. Sabemos das dificuldades que é chegar ao clube num momento como este, mas ele é uma figura muito forte e representativa. Penso que isso foi importante para todos. Assim como mudou para os demais, mudou para mim também. O professor Luxemburgo depositou sua confiança e está contando com todos para podermos fazer um segundo semestre melhor.

Ribamar, atacante do Vasco

Com a saída de Máxi López, Ribamar disputa uma vaga como atacante de área do Vasco com Tiago Reis e Marrony, que chegou a ser deslocado para a função pelo treinador.

Leia mais sobre: Ribamar

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »