Ribamar participará de jogo beneficente nesta terça-feira em Nova Iguaçu

O atacante do Vasco da Gama, Ribamar, participará de um jogo beneficente nesta terça-feira,

Se durante o ano os jogadores vivem as glórias das vitórias e as dores das derrotas, em dezembro está aberta a temporada dos jogos beneficentes. Nessas partidas, só há vencedores. Isso porque o gol principal é sempre ajudar o próximo.

Foi justamente o que pensou o atacante Sassá , atual jogador do Cruzeiro e ex-atleta do Botafogo. Desde 2014, ele organiza um jogo beneficente em Nova Iguaçu, onde nasceu e foi criado. Este ano, no entanto, houve algumas mudanças no projeto. A partida acontecerá no campo da academia Mundo Rio Sporting, antiga Rio Sport, na próxima terça, às 17h. Seu amigo Thiago Santiago se juntou a ele na organização e com isso o evento foi renomeado para Amigos do Sassá contra Amigos do Santi.

— É um projeto que partiu dos nossos corações, da vontade de ajudar quem precisa. Sempre participei, mas este ano quis estar mais ativo e estar na organização também — explica Santiago.

A escolha do novo local foi feita devido à estrutura oferecida pela Rio Sporting. Mas comunidades de Nova Iguaçu continuam a ser as beneficiadas do projeto, e as irmãs do jogador se encarregam da distribuição dos alimentos recolhidos nas áreas carentes. Quem quiser assistir ao evento deve levar dois quilos de alimento a título de entrada, não podendo ser nem sal nem açúcar.

— A expectativa este ano é arrecadarmos uma tonelada de alimentos. A média das outras edições foi de 400 quilos. Mas o jogo está sendo muito falado, e a estrutura do clube comporta mais gente. Além disso, estamos divulgando melhor a iniciativa e temos mais convidados — diz Santiago.

Entre os atletas confirmados estão os jogadores Gilberto, do Fluminense; Ribamar, do Vasco; Marcelo Benevenuto, do Botafogo; Bruno Silva, do Internacional; e David, do Cruzeiro. Músicos como os cantores Ferrugem, MC G15, MC Tikão e MC Max também aderiram. Os fãs que forem assistir à partida vão gostar de saber que haverá um momento para tirar fotos com os jogadores.

Embora seja entre amigos e não valha pontos na tabela, o jogo promete ser disputado. Até porque a vitória dá direito a tirar onda com os adversários depois.

— Ninguém quer perder; no final, sempre rola aquela pilha gostosa de quem ganhou com quem perdeu — conta Santiago.

Leia mais sobre: Ribamar

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »