Relembre alguns jogadores que passaram por Vasco e Cruzeiro

Confira abaixo nomes de alguns jogadores que já defenderam Vasco da Gama e Cruzeiro, adversários desta quarta-feira.

Rivais da próxima quarta-feira no Mineirão, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores da América, Cruzeiro e Vasco sempre tiveram um histórico de grandes nomes que já passaram pelas duas agremiações, dois dois maiores clubes do futebol nacional. O Super FC fez uma lista com os atletas que defenderam as duas camisas. Confira a história dessa rivalidade que já decidiu o Campeonato Brasileiro de 1974, vencido pelos cruzmaltinos.

Jogador com o maior número de partidas na história do Cruzeiro, bicampeão brasileiro e campeão da Copa do Brasil, ídolo absoluto da torcida, Fábio já defendeu a camisa do Vasco. Quando chegou ao clube celeste em 2000, ele pouco jogou e foi emprestado ao time cruzmaltino. Permaneceu no Gigante da Colina até 2004 e depois retornou ao Cruzeiro onde permanece até hoje.

Fábio

O goleiro Fábio tem ainda mais experiência em clássicos, somando 53 duelos contra o rival alvinegro

Tostão

Um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, Tostão é uma lenda viva no Cruzeiro e também fez parte da histórica seleção tricampeã do mundo no México, em 1970. Maior artilheiro da história da Raposa, com 249 gols, Tostão teve como último clube da carreira o Vasco da Gama. Ele transferiu-se ao time cruzmaltino em abril de 1972 naquela que foi a maior transação de um jogador no país à época. No entanto, em fevereiro do ano seguinte, acabou anunciando sua aposentadoria dos gramados por conta de uma inflamação na retina operada. Ele foi aconselhado a parar de jogar após conselhos de médicos em Houston.

Dedé

De 2009 a 2013, Dedé foi um dos grandes destaques do Vasco da Gama, sendo considerado por muitos como o melhor defensor do futebol brasileiro. As atuações do atleta chamaram a atenção da diretoria do Cruzeiro, que o contratou em abril de 2013 por 14 milhões de reais à época, a maior transferência da história da Raposa. Ele conquistou o bicampeonato brasileiro, mas acabou sofrendo com várias lesões. Vem retomando o condicionamento fisico nesta temporada e atuando com certa regularidade.

Edmundo

Revelado pelo Vasco, Edmundo teve rápida passagem pelo Cruzeiro em 2001. Ele retornou ao futebol brasileiro após defender o Napoli, da Itália, e acertou com a Raposa. O centroavante deixou a Cruzeiro de forma polêmica após perder um pênalti em jogo contra o ex-clube.

Ramon Menezes

O meia foi revelado pelo Cruzeiro no fim dos anos 80, mas ganhou notoriedade mesmo defendendo a camisa do Vasco da Gama entre os anos de 1996 a 2000.

Marco Antônio Boiadeiro

Boiadeiro viveu sua melhor fase técnica com a camisa do Cruzeiro, quando conquistou duas Supercopas, uma Copa do Brasil e chegou a ser convocado à seleção brasileira para a disputa da Copa América 1993. Mas antes de defender a Raposa, ele foi campeão brasileiro de 1989 com o Vasco da Gama.

Gilberto

Autor do gol do título mineiro em 2011, Gilberto teve duas passagens pelo Cruzeiro, mas também defendeu a camisa do Vasco em 2000. Na equipe cruzmaltina, ele teve a oportunidade de jogar ao lado de craques como Romário, Juninho e Juninho Pernambucano. Em 2000, o clube cruz-maltino sagrou-se campeão da Copa João Havelange e da Copa Mercosul. Uma contusão, porém, impossibilitou Gilberto de participar destas conquistas, não tendo jogando nenhuma partida em ambas competições.

Alex Alves

Um dos atacantes de maior identificação com a torcida celeste na década de 1990, Alex Alves teve uma passagem pelo Vasco da Gama. Pela Raposa, ele foi campeão mineiro em 1998 e ganhou a Recopa Sul-Americana no mesmo ano. Deixou o Cruzeiro rumo ao Hertha Berlim, da Alemanha, onde ficou até 2003. Após rápida passagem pelo Atlético, chegou ao Vasco em 2004, onde ficou por um ano.

Roberto Gaúcho

Roberto Gaúcho teve maior destaque na carreira com a camisa do Cruzeiro na década de 1990, principalmente a Copa do Brasil de 1996. Ele teve rápida passagem no Vasco da Gama em 1991.

Paulo Roberto

Ex-lateral-direito, Paulo Roberto acertou em 1985 com o Vasco. Em sua passagem pelo futebol do Rio, ele foi campeão do Estadual em 1987 e 1988. Em 1991, o jogador fechou com a Raposa e venceu a Supercopa da Libertadores em 1992, a Copa do Brasil de 1993 e o Mineiro em 1992 e 1994 pelo time azul.

Leia mais sobre: Vasco x Cruzeiro, Libertadores, Dedé, Edmundo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »