Quem são e quantos gols fizeram os maiores artilheiros da história do Vasco

Veja abaixo quais são e os maiores artilheiros da história do Vasco da Gama e quantos gols fizeram pelo Gigante da Colina.

Ramon Menezes, novo treinador do Vasco, está na seleta lista dos maiores artilheiros da história do clube, ao lado de outros ídolos. O LANCE! mostra a seguir quem está no ranking à frente do comandante vascaíno.

- Roberto Dinamite. Ídolo e ex-presidente, marcou incríveis 702 gols pelo Vasco.

- Romário. Foram mais de mil na carreira do Baixinho, que tem até estátua em São Januário. Pelo Cruz-Maltino, marcou 326 gols

- Ademir Menezes. O Queixada está na história cruz-maltina com 301 gols.

- Pinga. Pouco conhecido das gerações mais recentes, marcou 250 gols pelo Vasco. Fez história nas décadas de 1950 e 1960.

- Ipojucan. Defendeu o Vasco de 1944 a 1953 e marcou 225 gols.

- Russinho. Empatado com Ipojucan, com 225 gols, defendeu o Vasco nos anos 1920 e 1930. Disputou a Copa do Mundo de 1930.

- Vavá. Herói de diferentes títulos nos anos 1950, ainda foi bicampeão do mundo com a Seleção Brasileira, em 1958 e 1962. Converteu 191 gols pelo Cruz-Maltino.

- Sabará. Sinônimo de entrega à cruz de malta, defendeu o Vasco de 1952 a 1964, e fez 165 gols.

- Orlando Lelé. O lateral-direito mostrou muito poder e fogo durante os anos de 1977 e 1981. Marcou 147 gols.

10º - Valdir. O Bigode é um dos nomes mais identificados com a torcida vascaína. Chegou a ser auxiliar-técnico e treinador interino. Enquanto atacante, marcou 144 gols.

11º - Edmundo. Há quem diga que o Animal foi o melhor jogador do mundo em 1997. Mas ele fez muito mais pelo Vasco. Gols foram 137.

11º - Maneca. Empatado com Edmundo, ele fez parte do Expresso da Vitória com seus 137 gols.

13º - Chico. Era ponta-esquerda do Expresso da Vitória. Marcou 127 gols e disputou a Copa do Mundo de 1950.

14º - Friaça. Somou três passagens pelo Vasco entre os anos 1940 e 1950. Foi multicampeão e marcou 114 gols.

15º - Célio. Ídolo nos anos 1960, atuou também no Uruguai. Pelo Cruz-Maltino, marcou 110 gols.

16º - Bismarck. Colecionou grandes atuações e marcou 109 gols de 1988 a 1993, pelo Vasco. Muito identificado com a camisa cruz-maltina, conquistou títulos estaduais e o Brasileiro de 1989.

17º - Ramon. Hoje Ramon Menezes, o treinador efetivado da equipe profissional foi meia de regularidade, títulos e 96 gols nos anos 1990 e 2000 com a cruz de malta.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »