PVC comenta atuação do Vasco contra o Flamengo

O comentarista PVC falou sobre a atuação do Vasco da Gama no clássico contra o Flamengo, em que terminou com empate.

Raul foi o grande destaque do Vasco, mudado depois de uma semana de treinos. Alberto Valentim manteve o sistema tático 4-1-4-1, sustentou Andrés Rios pelo lado direito, mas surpreendeu ao escalar Fabrício na ponta esquerda. O resultado foi um time forte defensivamente, com as duas linhas distantes aproximadamente doze metros, mas com espaços nos corredores que permitiam a Diego e Paquetá se infiltrarem e não obrigavam o Flamengo a exagerar em seu velho vício: os cruzamentos.

Quando recuperava a bola, o Vasco subia rapidamente, com Raul pela meia direita. Foi o grande destaque do primeiro tempo e autor do passe para Maxi López dividir com Diego Alves, antes de a bola sobrar para Andrés Rios. Lance discutido, mas que pareceu corretamente válido.

O Flamengo melhorou depois de sofrer o gol e teve chance com Paquetá. Mas ainda não é sombra da equipe que liderou o Brasileirão antes da Copa do Mundo. Lento na troca de passes e com dificuldade de fazer as infiltrações pela faixa central, sempre escapava para o lado do campo e ficava exposto aos contra-ataques vascaínos.

O Flamengo evoluiu no segundo tempo e criou num belo chute de Paquetá, aos 10 minutos, depois de cruzamento de Diego. Também num chute longo de Vitinho, com Martin Silva adiantado, mas se recuperando para espalmar a escanteio.

Raul, destaque da partida, pediu substituição aos 12 do segundo tempo, por lesão muscular, o que parecia complicar de vez a vida do Vasco. Em seguida, Vitinho caiu na área pedindo pênalti inexistente e, em meio a uma confusão com quatro cartões amarelos mostrados, Diego foi expulso.

O Vasco caminharia para a vitória não fosse o incrível erro do zagueiro Luiz Gustavo, o mesmo pressionado por torcedores uniformizados na saída do treino, trés dias atrás. No cruzamento de Pará, despretensioso, Luiz Gustavo cabeceou para dentro de seu próprio gol.

Já são oito clássicos sem vitórias do Vasco sobre seu grande rival. Três empates e cinco triunfos rubro-negros.

Leia mais sobre: Vasco x Flamengo, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »