Protagonistas relembram conquista do Vasco ao título da Copa do Brasil 2011

Fernando Prass, Alecsandro, Roberto Dinamite e Fellipe Bastos relembraram a conquista do Vasco da Gama ao título da Copa do Brasil 2011.

Roberto Dinamite, ídolo do Vasco
Roberto Dinamite, ídolo do Vasco (Foto: divulgação/Vasco)

Está completando nesta terça-feira (08), dez anos que o Vasco da Gama conquistou um dos maiores títulos da sua história, a Copa do Brasil. Jogadores que foram campeões pelo Cruzmaltino, além do então presidente, Roberto Dinamite, relembraram momentos marcantes daquela data.

Em entrevista ao Globo Esporte, o goleiro Fernando Prass citou o momento que o árbitro do jogo marcou um impedimento e os jogadores cruzmaltinos pensaram que teria sido o final da partida. Praz também ressaltou que foi um momento de tensão, onde diversos jogadores no banco de reservas não conseguiam olhar para dentro de campo.

– Lembro desde o começo, quando o Salvio Spínola marcou impedimento, e metade de nós achou que tinha acabado o jogo e saiu para comemorar. Eu estava do lado oposto da torcida e atravessei o campo todo correndo, abraçando os caras, e os caras desesperados. Ninguém sabia para onde correr, Diego Souza e Felipe no banco não conseguiam nem olhar.

O atacante Alecsandro também relembrou momentos marcantes do 8 de junho de 2011, quando a equipe conquistou a competição sobre o Coritiba. Na entrevista, o ex-cruzmaltino disse que estava muito confiante desde a vitória por 1×0 no primeiro jogo da final em São Januário.

– Modéstia à parte, se tem um cara que sabia e que tinha confiança que a gente ia ser campeão, era eu. Eu tinha falado desde o primeiro jogo da final. Se a gente ganhasse em São Januário, a gente ia ser campeão. Quando o juiz apitou ali no final do jogo, eu já estava vivendo aquilo ali. Pode soar diferente, mas para mim não foi uma expectativa tão grande. Porque eu já estava sonhando com aquilo, eu já tinha pensado naquilo e eu já tinha certeza de que a gente seria campeão da Copa do Brasil.

O meia Fellipe Bastos também comentou o momento marcante do Clube e da sua história. Com 21 anos na época, o jogador que vestiu a camisa cruzmaltina até o final de 2020 relembrou que os jogadores beberam bastante espumante, cerveja, vodka antes mesmo do retorno ao Rio de Janeiro.

– O que eu posso falar é que água a gente não bebeu. Agora, espumante, cerveja, vodka… A gente se divertiu bastante. Eu lembro que deram um horário porque a gente tinha de voltar ao Rio. Era, sei lá, 4h ou 5h para estar no hotel. Lembro que muitos jogadores chegaram em cima do horário. Teve jogador ligando da rua pedindo para arrumar as coisas, dizendo que estava chegando. Toda vez que eu lembro, vem um sorriso no rosto. Foi um momento muito feliz para o clube e para a gente. Entramos na história do clube.

Presidente do Clube na época, Roberto Dinamite foi um dos que mais comemoraram o título, não somente por sua equipe ter conseguido o êxito, mas sim pelo título de grande expressão conquistado durante sua gestão. Maior atacante da história do Clube, Dinamite se emocionou ao falar sobre a conquista.

– A conquista de 2011 para mim, cara, tem um significado tão especial. O que foi diferente? Como jogador, você ali dentro de campo comemora, vive o vestiário e depois tem uma comemoração aqui ou ali. Essa situação de 2011 foi muito diferente porque vivi fora do campo uma tensão do caramba. É aquela coisa de não conseguir virar a chave e enxergar a partida como um jogador e não como um dirigente. Era muito difícil ficar acompanhando lances que não davam certo. Às vezes eu pensava: ‘Pô, eu ali faria diferente’. Por isso me emociono quando falo de 2011.

Vasco na Copa do Brasil 2021

Com um elenco muito diferente de 2011, nesta quarta-feira (09), o Vasco entra em campo pela Copa do Brasil, diante do Boavista, no Estádio de São Januário. Caso seja classificado às oitavas de final, a equipe recebe a quantia de R$ 2,7 milhões.

O primeiro confronto entre as duas equipes cariocas pela terceira fase da competição aconteceu no Estádio Eucy Rezende de Mendonça, onde o Gigante abriu vantagem de 1×0 com gol de Martín Sarrafiore.

Leia mais sobreCopa do Brasil
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
9 de dezembro de 2021
Vasco goleia em estreias no Carioca masculino e feminino de Beach Soccer

Enquanto no masculino o Vasco da Gama venceu o Ronald Carvalho por 8×3, no feminino o Cruzmaltino derrotou o Carioca por 9×0.

Yuri, volante do CSA, teria sido oferecido ao Vasco

Considerado um dos melhores jogadores da posição na Série B, Yuri está sendo analisado por Carlos Brazil, gerente-executivo do Vasco da Gama.

8 de dezembro de 2021
Graça teria duas propostas para deixar o Vasco, uma da Ásia e outra dos EUA

Conversas, porém, ainda são embrionárias; contrato com o Vasco da Gama vai até 2023 e, para sair, técnico Zé Ricardo teria que aprovar.

Edu reposta story no Instagram com crítica ao Vasco: ‘Diretoria incompetente’

Novo reforço do Cruzeiro, Edu compartilhou uma postagem de incentivo que, ao mesmo tempo, criticava a diretoria do Vasco da Gama.

Vasco lamenta morte de Mário Franco, ex-atleta do remo

Também conhecido como Boco Moco, Mário conquistou títulos como o Brasileiro, Sul-Americano e Pan-Americano pelo Vasco da Gama.

Cruzeiro acerta contratação de Edu; centroavante foi sondado pelo Vasco

Via redes sociais, Brusque revelou que o jogador está de saída para o Cruzeiro; negociação com o Vasco da Gama não avançou.

‘Gol’ de Nenê em famosa janela de Paris viraliza na internet; assista

De férias em Paris, meia do Vasco da Gama participou de brincadeira em famoso point local, acertou o alvo e levou os torcedores ao delírio.

Médico do Vasco celebra número baixo de lesões em meio às dificuldades da Série B

Chefe do departamento médico do Vasco da Gama, Gustavo Caldeira celebrou que número de lesões em 2021, isto é, 23, não superou 2020.

Carol Paiffer ‘puxa orelha’ de vascaínos e garante compromisso com o Vasco

A investidora Carol Paiffer não tem gostado dos spans de ‘Vasco’ promovido por alguns torcedores em suas lives.

Entenda a função que Brazil exercerá no Vasco; dirigente conhece bem Zé Ricardo

De volta ao Vasco da Gama, Carlos Brazil se reencontrará com Zé Ricardo, o mesmo que o indicou ao Gigante em 2018.

Veja mais notícias