Professores do Colégio Vasco da Gama destacam o papel da educação no esporte

Profissionais de educação do Colégio Vasco da Gama enfatizam a importância dos estudos na carreira dos jovens atletas.

Sala do Colégio Vasco da Gama em homenagem a Philippe Coutinho
Sala do Colégio Vasco da Gama em homenagem a Philippe Coutinho (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Neste 15 de outubro, data em que se celebra o Dia do Professor, o Vasco da Gama, através do seu colégio homônimo localizado no complexo de São Januário, resolveu dar voz aos professores da instituição, profissionais que sempre estão dispostos a difundir o conhecimento e transmitir valores.

O Colégio Vasco da Gama é uma iniciativa do Clube garantir acesso a escolaridade dos jogadores das categorias de base, possibilitando aos jovens conciliar o período escolar com os treinos. Grandes craques que brilham nos gramados de todo mundo passaram pela instituição, como Alex Teixeira, Alan Kardec, Andrey, Caio Lopes, Douglas Luiz, Lucão, Philippe Coutinho, Paulinho, Ricardo Graça, Talles Magno, entre outros.

Ao site oficial do Clube, a diretora da instituição, Andreia Marcatto destacou o papel do colégio na formação dos atletas e dos laços estabelecidos entre professores e alunos.

– É uma escola única no Brasil”. Além da relação de professor e aluno, ensino, aprendizagem e conteúdos programáticos, eles também desenvolvem uma relação de amizade e de torcida, porque acabam acompanhando a vida profissional do atleta fora do colégio. Os professores se envolvem, fazem um planejamento para quando os alunos estiverem fora do colégio em competições, dentre outras responsabilidades.

Há dois anos atuando como professor de filosofia no Vasco , André Brandão Rodrigues demonstrou toda sua confiança no potencial dos garotos.

– Tenho certeza de que eles farão muito sucesso devido à educação que eles recebem.

Já o professor de sociologia, Joelson da Silva, enalteceu o trabalho desenvolvido pelo corpo docente e de como se sente orgulhoso por poder impactar positivamente na carreira dos futuros craques do Gigante da Colina.

– Trabalhar no Colégio Vasco da Gama é uma experiência ímpar, é algo muito gratificante porque me permite dar uma educação que eu sempre sonhei: uma educação personalizada. O corpo de professores do Colégio Vasco da Gama é fantástico, me dá orgulho de chamá-los de colegas. Agradeço o reconhecimento e a oportunidade de fazer parte desse time de professores.

Através de uma mensagem em seu portal, o Vasco da Gama também parabenizou os professores de todo Brasil, reafirmando seu compromisso com a educação dos talentos da base.

Leia mais sobreColégio Vasco da Gama
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
Time da Virada recolherá assinaturas para a realização da AGE no Vasco

O Movimento Time da Virada estará na frente de São Januário neste sábado coletando assinaturas para a realização da AGE.

Edu reitera desejo de jogar no Vasco

Artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro 2021, o atacante Edu, do Brusque, reiterou o desejo de defender o Vasco da Gama.

Vasco disputa prêmio de melhor campanha de responsabilidade social

Por conta da camisa lançada em apoio ao movimento LGBTQIA+, o Vasco da Gama concorre ao prêmio de melhor campanha de responsabilidade social.

Péssima campanha no 2º turno ajuda a explicar fracasso do Vasco na Série B

Depois de um primeiro turno fraco, o Vasco da Gama fez um segundo turno ainda pior na Série B, influenciando no não acesso.

Confira números do Vasco na Série B 2021

Confira números do Vasco da Gama na Série B do Campeonato Brasileiro 2021, os quais não permitiram o acesso.

Movimentações do Vasco no mercado: veja quem chega, quem sai e quem fica no Clube

O Vasco da Gama reformulará o departamento de futebol para a temporada 2022 e já busca por reforços para o elenco.

Reportagem destaca que o Sócio Gigante tem plano destinado aos animais; assista

A reportagem mostrou que o Vasco da Gama, no programa Sócio Gigante, tem uma categoria especial para os bichos de estimação.

Vasco é multado por objetos jogados em São Januário no jogo contra o CSA

Por conta de objetos jogados em São Januário no jogo contra o CSA, o Vasco da Gama terá que pagar multa de R$ 5 mil.

Conheça a história do Dom Corvo I e Único, mascote do Vasco nas décadas de 40 e 50

O Vasco da Gama teve o Dom Corvo I e Único como símbolo de sorte nas décadas de 40 e 50, mas que perdeu força a partir de 60.

Alexandre Mattos afirma que acerto com outro clube freou conversas com o Vasco

O diretor executivo Alexandre Mattos disse que teve uma boa conversa com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, mas não avançou.

Veja mais notícias