Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Mario Bittencourt é o presidente do Fluminense
Mario Bittencourt é o presidente do Fluminense (Foto: Lucas Mercon/Fluminense)

Quando o tema é política o Vasco da Gama dificilmente será citado de uma forma positiva. Foi o caso do presidente do Fluminense, Mario Bittencourt, que destacou o caso do Cruzmaltino como exemplo a não ser seguido no quesito condução de processo eleitoral.

O mandatário frisou que o Tricolor das Laranjeiras não pode seguir esse mesmo caminho ao citar uma discordância interna sobre a implementação de voto online na próxima eleição, elencando os problemas que cercaram o Gigante nos últimos 15 anos, com direito a brigas e interferência da Justiça.

– Nós dependemos de uma interpretação do Estatuto, não de uma alteração. (…) A gente não pode para 2022 é transformar as eleições do Fluminense no que acontece em outros clubes.. E eu falo nominalmente o Vasco, que vem em uma derrocada enorme porque vem de 10, 15 anos de em uma briga desleal, insana, política, que destruiu o clube. Judicialização, urna 7… O Fluminense não tem isso. O que não pode acontecer é as pessoas inventarem uma bandeira que é nossa. A bandeira do voto online é nossa, e que estamos trabalhando para organizar – disse o presidente, que completou:

– No segundo mês de gestão contatamos empresas que podem implementar e que dizem que é possível sim implementar tecnicamente, desde que se tome cuidado com questões de fraude. Nós criamos uma comissão interna para que a gente possa entregar ao Conselho Deliberativo a análise para que não gere judicialização, como de que, por exemplo, eu estivesse me usando do voto online para me manter no cargo. Mudanças feitas na própria legislação correm risco de judicialização. E não queremos correr o risco de transformar a eleição do Fluminense em uma eleição sem lisura, com deslealdade.

Recurso

Inclusive, a última eleição vascaína voltou à tona nesta semana. Na quarta-feira (15), teve uma movimentação do recurso contra a liminar que mantém Jorge Salgado na presidência do Vasco, que será julgado no dia 28. O agravante é Elói Ferreira, ex-vice-presidente geral, e o agravado é Faues Mussa, que presidiu a Assembleia Geral na mesma gestão, de Alexandre Campello.

Leia mais sobreFluminense
6 comentários
  • Vicente Otávio da Fonseca - 19 de setembro de 2021

    Necessário repetir: toda a maldição vascaína surgiu com o tal eurico miranda, que se dizia dono do Vasco. Foi acompanhado por grande parte destes velhos que fazem uma certa casta dentro do clube e que pretendem manter esta bagunça com a intenção de se beneficiarem! O Presidente do Fluminense está coberto de razão: o Vasco não serve de exemplo para ninguém!

    Responder
  • Ruimar Fonseca da Costa - 18 de setembro de 2021

    mas o responsável por está eleição e o ex secretário mussa este é o pivô central desta bagunça

    Responder
  • Sjz - 18 de setembro de 2021

    Até o presidente do Flu sabe dessa política safada e da urna 7

    Responder
  • Fernando - 18 de setembro de 2021

    O Vasco já a mais de duas décadas uma eterna zona,uma piada para os adversários time e diregentes ridículos

    Responder
  • Silvio Lucio de Souza - 18 de setembro de 2021

    Sábias palavras, infelizmente, o nosso Vasco não pode servir de exemplo, quando o assunto é eleiçoes, uma verdadeira bagunça, ainda bem, pelo perdão da palavra, que o maldito e mentor de toda essa bagunça do nosso VASCO, felizmente, já não está mais entre nós.

    Responder
  • Carlos - 18 de setembro de 2021

    Enquanto esses golpistas sem projetos quiserem só o poder vai ser sempre isso.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
17 de outubro de 2021
Lucão não se intimida ao barrar Vanderlei e pede passagem na equipe titular

O jovem goleiro do Vasco da Gama, Lucão, não se intimida ao barrar Vanderlei e mostra que merece sequencia de titular.

Vasco conquista o bicampeonato do Torneio de Remo do Futuro

Gigante, o Vasco da Gama conquistou o bicampeonato do Torneio de Remo do Futuro na manhã deste domingo (17).

Seleção da Galera da 30ª rodada da Série B tem Germán Cano e Fernando Diniz

Germán Cano, atacante do Vasco da Gama, e o técnico Fernando Diniz, estão na Seleção da Galera da 30ª rodada da Série B.

Cano concorre ao ‘Cara da Galera’ da 30ª rodada da Série B

Germán Cano, concorre ao prêmio de ‘Cara da Galera’ da 30ª rodada da Série B, na qual o Vasco da Gama venceu o Coritiba

Novos uniformes de treino do Vasco estão disponíveis nas lojas oficiais

Os novos uniformes de treino do Vasco da Gama já estão disponíveis para compra nas lojas oficiais do Clube.

Mansur exalta futebol do Vasco nos últimos jogos e destaca a ousadia de Diniz

O jornalista Carlos Eduardo Mansur destacou o desempenho dos Vasco da Gama nas últimas sete rodadas e destacou o trabalho de Diniz.

Vasco homenageia Nelson Sargento no Dia da MPB

O Vasco da Gama prestou homenagens via Twitter ao cantor Nelson Sargento, no dia da MPB, Música Popular Brasileira.

Salgado parabeniza o Sub-14 do Vasco pela conquista da Copa Brasileirinho

Jorge Salgado, parabenizou a garotada do Sub-14 do Vasco da Gama, que venceu o Fluminense e conquistou a Copa Brasileirinho.

Castan revela cobrança mas se rende ao futebol de Riquelme: ‘O céu é o limite para ele’

O capitão do Vasco da Gama, Leandro Castan, revelou que pega no pé do garoto Riquelme, que considera um fenômeno.

Fernando Diniz afirma que Marquinhos Gabriel é jogador de Série A ao elogiar meia

Treinador do Vasco da Gama, Fernando Diniz, elogia Marquinhos Gabriel, considera o jogador nível Série A e pede compreensão dos torcedores.

Veja mais notícias