"Podemos jogar de igual para igual com qualquer equipe", diz Castan

Leandro Castan destacou a grandeza do Vasco e diz que time pode jogar de igual para igual com qualquer equipe do Brasileiro.

O Vasco vem de derrota para o Sport, um dos piores times do Campeonato Brasileiro, por 2 a 1, fora de casa. Mesmo assim, o zagueiro Leandro Castán segue acreditando no potencial do Cruz-Maltino. Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, o defensor tocou no assunto, ao falar sobre a sequência difícil que o time tem pela frente.

“É claro que a sequência é difícil, mas o Vasco é um clube muito grande. Tenho certeza que podemos jogar de igual para igual com qualquer equipe da competição. Temos a oportunidade de demonstrar isso agora contra o Inter, uma equipe forte e que está brigando pelo título. Respeitamos o time deles, mas iremos buscar os três pontos. O torcedor só voltará a confiar na gente se tivermos mais ação dentro de campo”, disse Castán.

O Vasco tem pela frente o Internacional no dia 27, em São Januário; o Fluminense, dia 4 de novembro, no Maracanã; e o Grêmio, fora de casa, no dia 11.

“Quando se entra em campo com a camisa do Vasco, não importa o adversário, não tem que pensar contra quem será o jogo, se faz necessário buscar a vitória sempre. Estamos defendendo um clube grande, com uma torcida enorme por trás, que representa, com uma história muito bonita. Sabemos do nosso potencial, de onde podemos ir. Depois de tantos anos fora, vendo o Brasileiro e conhecendo a minha equipe, tenho certeza que era para ela estar numa posição melhor na tabela. O que procuro passar para os companheiros é que precisamos tirar o medo de perder para jogarmos contra todos de igual para igual”, afirmou o zagueiro.

Por fim, o zagueiro disse que a única coisa que o time, que segue na briga para não cair, pode fazer para sair da má fase é seguir trabalhando.

“Temos que continuar trabalhando. É a única solução para resolver os nossos problemas. Ninguém está satisfeito. Estamos inconformados com essa situação, principalmente porque havíamos feito um bom jogo contra o Cruzeiro e não conseguimos repetir esse desempenho contra o Sport. Isso nos deixou bravos. Era o jogo para a gente dar uma alavancada dentro da competição, mas não vencemos. O que posso falar para o torcedor é que vamos trabalhar ainda mais forte para tirar o Vasco dessa situação ruim. Depende apenas da gente”, finalizou.

Leia mais sobre: Leandro Castan

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »