Paulinho fala sobre gol e soco no rosto na jogada

O atacante Paulinho falou sobre lance do gol na partida contra o Jorge Wilstermann e afirmou que o rosto está inchado.

O atacante Paulinho fez o segundo gol vascaíno na vitória por 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermann (BOL), em São Januário, em lance que mostrou oportunismo e, sem marcação, conseguiu tocar a bola de cabeça antes da chegada do goleiro Giménez. Porém, na tentativa de afastar a bola, o adversário acabou lhe acertando um soco, que fez com que o camisa 11 caísse no gramado e nem sequer conseguisse comemorar o gol.

O jovem, que afirmou estar com o rosto inchado, lembrou que, na Libertadores, as partidas costumam serem mais 'pegadas' e ressaltou que, no momento que foi para a bola, reparou que o goleiro havia perdido tempo.

- Na hora fiquei receoso, mas o goleiro atrasou para sair. Nem vi (a bola) entrando, só o barulho da torcida. Tá inchado (o rosto), mas Libertadores é isso. Tem muita pancadaria, mas tem de estar acostumado - disse.

Paulinho marcou o gol no fim do primeiro tempo, depois de Paulão abrir o placar. Yago Pikachu e Rildo, nos minutos finais da partida, completaram a goleada.

A segunda partida contra o Jorge Wilstermann, que vale vaga na fase de grupos da Libertadores, será na próxima quarta-feira e o jovem pede que o time não entre descansado após ter conquistado a boa vantagem.

- Não podemos sentar na vantagem. Temos de tentar vencer fora de casa. Os mais experientes já vinham falando que a competição é complicada, que não poderíamos entrar em pilha de jogadores mais velhos.

Leia mais sobre: Vasco x Jorge Wilstermann, Paulinho

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »