Opinião: Vasco aposta na sorte ao efetivar Ramon Menezes

Sem experiência relevante, o ex-jogador Ramon Menezes foi efetivado como novo técnico do Vasco da Gama para a temporada.

Ídolo da torcida, Ramon é o novo técnico do Vasco. E como acontece com quase todos os boleiros que viram treinadores, agora ganhou sobrenome. E São Januário terá no comando da equipe Ramon Menezes. Mais do que a convicção, o clube encontrou no velho ídolo uma solução possível. E agora terá de torcer para que a aposta funcione.

Diferentemente de diversos outros ex-jogadores que viram técnicos ou de jovens treinadores que ganham uma chance para assumir o time principal, a experiência que o ex-meia tem para receber esta oportunidade é nenhuma. Ramon é auxiliar desde o ano passado, pouco tempo, e nunca passou pela base. A aposta que o Vasco faz com o seu antigo craque não se compara com as de outros clubes, notadamente pelo Corinthians com Fábio Carille, que era auxiliar há muitos anos. Ou que o Botafogo fez com Jair Ventura, que comandava a base do Alvinegro.

Para ser uma espécie de tutor de Ramon, o clube escolheu Antonio Lopes, uma figura histórica no clube, mas que há muito tempo não faz um trabalho relevante. É claro que, vivendo uma gravíssima crise financeira, o Vasco não poderia agora contratar um treinador caro - Abel Braga saiu em três meses e sem receber salários.

Apostar em Ramon, porém, é jogar a bola pro alto e torcer para que a estratégia funcione. Não é consciente, é contar acima de tudo com a sorte.

Ramon Menezes é a aposta do Vasco

O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. É uma leitura rápida, que vai colocar você por dentro das principais notícias do esporte. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises e contextualização de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.

Leia mais sobre: Ramon Menezes

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »