Opinião: reservas na Sula? Ficar na Série A deve ser a prioridade no Vasco

O Vasco da Gama está dividido entre duas competições, mas Campeonato Brasileiro precisa ser priorizado para permanência na Série A.

Avatar
Por Willams Meneses
-  2 de dezembro de 2020 às 11:13-  Atualizada em 2 de dezembro de 2020 às 20:37
Ricardo Sá Pinto no Novo CT do Vasco Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Acontece na noite desta quinta-feira (03) o confronto decisivo entre Vasco da Gama e Defensa y Justicia, da Argentina, pelas oitavas de final da Sul-Americana, em São Januário. No jogo de ida, no Norberto Tomaghello, as equipes empataram em 1 a 1.

Na Sul-Americana existe o critério do gol fora como desempate, então um simples 0 a 0 classifica o Gigante às quartas de final, tendo o Bahia como adversário. Em paralelo à caminhada na competição, o Vasco convive com uma preocupação: o Campeonato Brasileiro.

O Vasco está na 17ª posição com 24 pontos. Com a goleada sofrida para o Ceará por 4×1, em plena Colina História, se tratando de um adversário direto na tabela, e o rendimento que vem apresentando, o Cruzmaltino aparece como um sério candidato ao rebaixamento.

Para escapar do quarto rebaixamento em sua história, o Vasco precisar ter a sua força máxima em campo, e estar inteiro fisicamente. Por causa disso, é necessário priorizar o Campeonato Brasileiro. É o que vier dele que vai decidir o futuro do Clube, sendo que uma queda seria muito prejudicial.

Jogadores como Germán Cano e Martín Benítez, este último que ainda está com o seu futuro incerto, precisam estar em campo. Sem eles, o Vasco tem uma queda técnica extrema. O Camisa 14 é o artilheiro e o Camisa 10 o grande maestro da equipe vascaína.

É necessário então utilizar os reservas ou poupar alguns jogadores na Sul-Americana? Talvez, mas dificilmente vai acontecer. Por isso, mesmo sendo dolorida, uma possível saída da Sul-Americana pode ser vista como algo não tão ruim como em outros momentos.

Seguir na Sul-Americana vai ser ótimo, afinal se trata da busca por mais um título continental, e que ainda rende uma boa premiação. No entanto, pode implicar na questão do desgaste físico do elenco com mais viagens e tempo em campo, além de possíveis lesões, o que se refletiria diretamente no que a equipe pode render no Campeonato Brasileiro.

Claro que se trata de uma suposição, o Vasco pode muito bem se livrar do rebaixamento e ser campeão da Sul-Americana ao mesmo tempo, mas é uma hipótese que precisa ser trabalhada pelo Clube. Reafirmando: o que acontecer no Campeonato Brasileiro vai definir o futuro do Gigante.