Opinião: Henríquez merece um voto de confiança da torcida do Vasco

O zagueiro do Vasco da Gama, Oswaldo Henríquez, foi alvo de muitas críticas pelo gol contra que deu o empate ao Goiás.

Mais uma vez o Vasco da Gama deixou de vencer em São Januário. Desta vez, de uma forma ainda mais dolorida: levando o gol de empate do Goiás aos 51 minutos do segundo tempo, ainda mais tendo sido marcado contra pelo zagueiro Oswaldo Henríquez.

É normal a torcida ficar decepcionada com o resultado, por estar jogando em casa, por ser um adversário direto na tabela e pela forma como aconteceu. Nessa situação, é bastante comum que se procure culpados, e não foi diferente em relação à partida contra o Goiás.

O lance que originou o gol de empate do Goiás iniciou num erro grotesco de Richard na entrada na área, sendo que o que ficou marcado mesmo foi Oswaldo Henríquez que, num momento de pura infelicidade, empurrou a bola contra o próprio patrimônio.

Não à toa, assim como grande parte da torcida, Oswaldo Henríquez se mostrou bastante chateado com a situação, ele que estava fazendo a sua primeira partida com a braçadeira de capitão do Vasco. O zagueiro, inclusive, recebeu o apoio de alguns torcedores na saída de São Januário.

Henríquez recebeu críticas pelo gol contra diante do Goiás

É inegável que Oswaldo Henríquez teve sua grande parcela de culpa no resultado. Porém, não é justo analisá-lo somente pelo erro que cometeu ou pela atuação de uma partida. O colombiano, mesmo com algumas limitações, tem feito um Campeonato Brasileiro muito seguro, o que é surpreendente se considerar que no início da temporada era visto como dispensável.

Vale lembrar que o contrato de Oswaldo Henríquez com o Vasco se encerra em dezembro deste ano, e assim a sua situação para a próxima temporada está indefinida. Na humilde opinião da pessoa que lhes escreve, o zagueiro merece seguir para 2020, nem que seja como opção para compor elenco.

Por Willams Meneses

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas, Henríquez

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »