Números do Vasco na temporada pioram no comando de Jorginho

Os números do Vasco da Gama na temporada, que já eram ruins com Zé Ricardo, pioraram no comando do técnico Jorginho.

O Vasco da Gama vive uma temporada cercada de decepções, com derrota na decisão do Campeonato Carioca, eliminação precoce na Libertadores, Copa do Brasil e Sul-Americana, agora somando como uma fraca campanha no Campeonato Brasileiro. Num 2018 ruim, um fator se destaca negativamente: a defesa.

Considerando apenas os 20 clubes que disputam a Série A do Brasileiro, o Vasco lidera quase todas as estatísticas negativas na temporada. O Gigante da Colina é a equipe com mais derrotas (18), mais gols sofridos (69), maior média de gols sofridos (1,53) e o menor percentual de partidas em que não sofreu gol (24,4%).

O Vasco iniciou a temporada sendo comandado por Zé Ricardo, com quem já apresentava os números negativos na temporada. Porém, de acordo com levantamento da página “FutDados”, a situação se agravou após a chegada de Jorginho.

Com Zé Ricardo, o Vasco já possuía a pior defesa entre os 20 clubes da primeira divisão, com 52 gols sofridos em 34 partidas, com média de 1,53 por jogo. Agora, sob o comando de Jorginho, o Gigante da Colina já sofreu 16 gols em somente 10 partidas, ficando com a média de 1,60 por jogo.

Falando somente no Campeonato Brasileiro, Zé Ricardo comandou o Vasco em 8 partidas, obtendo 3 vitórias, 3 derrotas, 2 empates e somou 11 pontos, sendo que a equipe marcou e sofreu 12 gols. Jorginho acumula 7 partidas no comando do Gigante da Colina, com 2 vitórias, 1 empate, 4 derrotas e com 7 pontos somados, sendo que a equipe marcou 8 e sofreu 13 gols no período, de acordo com levantamento do jornalista Gilmar Ferreira, do “Extra”.

Leia mais sobre: Jorginho, Zé Ricardo, Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »