Novo técnico do Vasco: Valdir Bigode ou experiente; aposta não!

O Vasco da Gama se divide entre efetivar Valdir Bigode ou insistir em Abel Braga, mas estuda outras opções; aposta não agrada.

Em consequência de uma sequência negativa de resultados e forte pressão por parte da torcida, O Vasco da Gama decidiu-se pela demissão de Jorginho, que aconteceu na noite da última segunda-feira (13). Desde então, a grande discussão entre os vascaínos é: quem será o próximo técnico do Gigante da Colina.

Entre os veículos de imprensa e vascaínos nas redes sociais, alguns nomes foram especulados, entre profissionais mais experientes, outros que são encarados como apostas disponíveis no mercado, e está sendo cogitada também a efetivação do hoje interino, Valdir Bigode, ídolo como jogador, e integrante da comissão técnica permanente do Vasco.

Considerando as opções disponíveis no mercado, e pensando na qualidade que o Vasco necessita, o nome que é quase unanimidade entre os vascaínos é o do experiente e vitorioso Abel Braga, que recentemente deixou o Fluminense. Ao que tudo indica, o profissional possui um perfil que também agrada a diretoria do Cruzmaltino.

O Vasco vê a contratação de Abel Braga com bons olhos, mas está esbarrando no desejo do técnico em priorizar a família no momento, e só assumir um novo trabalho em janeiro de 2019, além dos altos valores que envolvem o profissional. Mesmo com a negativa inicial, o Clube deve insistir e tentar ‘seduzir’ o profissional para um desfecho positivo. Inclusive, a massa vascaína já está fazendo a sua parte, ‘invadindo’ as redes socias do “Abelão”.

Se prevenindo em caso de uma nova recusa de Abel Braga, o Vasco segue analisando outras opções no mercado. No momento, nomes como o de Jair Ventura, Roger Machado, Vanderlei Luxemburgo, Dorival Júnior e Valdir Bigode aparecem como favoritos a assumir o comando do Gigante da Colina.

Jair Ventura e Roger Machado: considerados bons nomes no mercado, mas esbarram no quesito pouca experiência e sofrem a rejeição de parte da torcida. Ambos tiveram um grande início de carreira, mas estão vindo de trabalhos negativos.

Vanderlei Luxemburgo: profissional renomado, com uma carreira repleta de títulos. Porém, não realiza um grande trabalho há alguns anos, e divide opiniões entre os vascaínos. Sempre cogitado em São Januário, hoje o técnico não aparece entre as prioridades.

Dorival Júnior: nome cogitado por já conhecer o Clube, com duas passagens por São Januário, o técnico está sem trabalhar desde que deixou o São Paulo no início da temporada. Alegando problemas particulares, o profissional disse que não deve assumir nenhum clube no momento, mas não é um nome descartado.

Pensando no momento em que o Vasco vem passando, vindo de uma temporada cercada por eliminações precoces, além da 15º colocação no Campeonato Brasileiro e proximidade da zona de rebaixamento, duas situações são as mais aceitas pelos vascaínos: a chegada de um técnico experiente ou a efetivação do interino Valdir Bigode.

Uma opção que vem sendo descartada é da chegada de um técnico  considerando uma aposta. Profissionais com poucos ou nenhum trabalho em grandes clubes do futebol brasileiro, são vistos como opções perigosas, considerando o momento delicado que o Vasco vem passando, além de não terem experiência trabalhando com atletas ‘cascudos’ como Maxi López, Leandro Castan, Martín Silva, entre outros.

Efetivar Valdir Bigode?

Em uma simples análise, pode-se considerar que Valdir Bigode se encaixa nesse perfil. Porém, mesmo pouco experiente, o hoje interino é um ídolo, conta com a aprovação de grande parte da torcida, e conhece como poucos os jogadores e a instituição. A sua efetivação é vista com bons olhos também pela diretoria do Gigante da Colina.

Valdir Bigode pode ser efetivado

E aí, vascaínos, quem vocês querem no comando do Vasco? Opinem!

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas, Valdir Bigode

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »