Mussa contra-ataca no STJ e alega que Leven Siano perdeu legitimidade por desistir de candidatura

Mussa alega que o candidato Leven Siano perdeu legitimidade para brigar na Justiça ao desistir de concorrer na eleição de amanhã.

Faués Cherene Jassus, o Mussa
Faués Cherene Jassus, o Mussa (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

A guerra judicial em torno das eleições para presidente do Vasco teve um novo capítulo, nesta sexta-feira. Depois do candidato Leven Siano e do presidente do Conselho Deliberativo, Roberto Monteiro, acionarem o Judiciário em uma tentativa de validar o resultado do pleito do último sábado, foi a vez de Mussa contra-atacar. O presidente da Assembleia Geral protocolou petição em que alega que a desistência de Leven Siano em concorrer tira a legitimidade do representante da chapa Somamos em propor qualquer recurso por perda da condição de interessado.

Mussa também pede que o desembargador responsável pela decisão que autorizou as eleições presenciais em São Januário reconsidere o que determinou. Segundo ele, o formato híbrido garante o pleno direito a voto aos sócios, com transparência e fiscalização eficazes.

“Considerando que as eleições de amanhã vão ser realizadas e, ainda, que o Clube garantirá (não há mais litígio contra o VASCO) aos associados o direito de voto de maneira presencial e on-line, o agravado vem, perante a V.Exa., postular, uma vez mais, a reconsideração do v. decisum liminar, seja porque está sendo garantido o direito de voto in loco, seja porque o VASCO anuiu com essa formatação, seja porque a lide em primeiro grau não tem por objeto a data em que serão realizadas as eleições/AGO do Clube”

O presidente da AG também alega que Leven Siano recorreu em favor da realização do pleito presencial na qualidade de terceiro prejudicado por ser candidato a presidente. Com a formalização da desistência de Siano, na última sexta-feira, ele teria perdido essa condição e, com isso, não teria mais razão de ser parte no processo que discute o formato da votação.

“Não sendo ele mais candidato, e sendo certo que a presente demanda apenas discute o formato das eleições do Clube, não há nada mais que justifique o ingresso do Sr. LEVEN SIANO neste feito. O Sr. LEVEN SIANO, na qualidade de mero associado do Clube, que não tem pretensão eleitoral no pleito de amanhã, não sofre prejuízo jurídico algum com o formato híbrido de votação ia ocorrer no sufrágio de sábado”

Caso o desembargador do TJ-RJ aceite os argumentos de Mussa e deixe de conhecer o agravo de Leven Siano, a decisão pode ter efeitos também no STJ. O candidato da chapa Somamos tenta que o tribunal superior reconsidere a decisão que suspendeu o evento em andamento no último sábado, mas se perder a qualidade de terceiro interessado, essa manobra jurídica também ficaria prejudicada.

Leven Siano também ingressou com um mandado de segurança no STJ, nesta sexta-feira, com o objetivo de validar o resultado do último sábado, quando foi o mais votado, em processo eleitoral contestado pelas outras chapas. Até o momento, não há decisão do tribunal superior.

Fonte: Esporte News Mundo

Leia mais sobreLeven SianoMussaSTJ
5 comentários
  • Germano - 13 de novembro de 2020

    Uma torcida imensa, poderosa, apaixonada, mas maos deste velho safado. Não sei como ainda está no Vasco este lixo. Todos já aceitaram a Vitória do Leven, com excessao dos três patetas: mussa, salgado e Brant.

    Responder
  • Renato Azevedo da Silveira - 13 de novembro de 2020

    Se o presidente da federação da Bolívia ?? fio preso pq que essas tralhas esses bando de safados pilantras que estão no Vasco também não são presos só no Brasil ?? que a pilantragem rola e não da em nada aí vem um ministro e ainda da razão a essas tralhas engraçado que esmeramo-nos ministro não manda investigar esse mesmo dirigente que pediu para anular a ele no Vasco o senhor Mussa né

    Responder
    • Renato Azevedo da Silveira - 13 de novembro de 2020

      O mesmo ministro

  • Andre Marques - 13 de novembro de 2020

    Vai romar nesse seu cu seu velho brocha sai do vasco seu verme vc e um mulambo incubado ,so prejudica o vasco vai queimar no marmore do inferno junto com seu amigo e deixa o vasco em paz nois torcedores nao aguentamos mais vcs seu velhos.

    Responder
  • Amaury Pires - 13 de novembro de 2020

    Mussa vai tomar no seu cu…
    Porra Tá maluco cara…
    O Leven venceu seu babaca…
    Q mamar na teta do Vasco até quando seu arrombado

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de junho de 2021
Ação contra o rebaixamento do Vasco é encaminhada ao presidente do TJ-RJ

A ação em que um torcedor pede o cancelamento do rebaixamento do Vasco da Gama foi encaminhada ao presidente do TJ-RJ.

Mesmo pressionado, Cabo conta com apoio do elenco do Vasco

Apesar do mau momento atual, elenco do Vasco da Gama simpatiza com o trabalho de Marcelo Cabo e também com seu jeito de ser no dia a dia.

Sempre Vasco critica montagem do elenco para a Série B e diz que ‘quer ajudar’

Grupo político de Julio Brant criticou o atual elenco do Vasco da Gama e se colocou à disposição de Salgado para ajudar no que for preciso.

Vasco encara o Athletico-PR nesta sexta pelo Brasileiro Sub-17; SporTV transmite

Athletico-PR e Vasco da Gama se enfrentam nesta sexta-feira (18), às 19h, no CT do Caju, em Curitiba, pela 7ª rodada do Brasileiro Sub-17.

Vasco foi derrotado pelo CRB na última vez que enfrentou o time alagoano

Último Vasco da Gama x CRB aconteceu em outubro de 2016, em São Januário, também pela Série B, e equipe alagoana saiu vitoriosa por 2×1.

Nos últimos 200 jogos, Vasco teve menos de 50% de aproveitamento

Aproveitamento do Vasco da Gama nas últimas 200 partidas, que contam desde 2018, foi de 46,33%; foram 74 vitórias, 56 empates e 70 derrotas.

17 de junho de 2021
Marcelo Cabo tem mais que o dobro de vitórias em comparação a derrotas no Vasco

Em 21 jogos comandando o Vasco da Gama, Cabo tem 9 vitórias, 8 empates e 4 derrotas; aproveitamento é de 55,5%.

Vasco encerra 4ª rodada da Série B em 15º lugar e a apenas 1 ponto do Z4

Com 4 pontos conquistados em 12 disputados, o Vasco da Gama está a apenas 1 do Vitória, primeira equipe da zona de rebaixamento da Série B.

4-4-2 ou outro! Vasco precisa sair do 4-3-3 de ‘conforto’ e testar um esquema diferente

As opções são limitadas, mas qualidade não é o único problema do Vasco da Gama, que precisa sair da zona de conforto testar outro esquema.

Werley consegue rescisão na Justiça e não é mais jogador do Vasco

Fora dos planos da diretoria, o zagueiro Werley conseguiu uma liminar na Justiça para rescisão indireta com o Vasco da Gama.

Veja mais notícias