Médico fala sobre situações Leandro Desábato e Bruno Silva

O médico do Vasco da Gama, Carlos Fontes Filho, explicou as situações dos volantes Leandro Desábato e Bruno Silva.

O problema de lesões segue assombrando o vestiário do Vasco da Gama. A assessoria de imprensa do clube informou que os atletas Bruno Silva e Leandro Desábato não estarão à disposição da comissão técnica para as próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. Os dois jogadores lesionaram o pé durante treinamentos realizados na última semana no CT do Almirante, em Vargem Pequena.

Bruno Silva sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo e foi submetido a uma cirurgia para a colocação de um parafuso na manhã deste domingo. Se trata de uma lesão semelhante a sofrida pelo atacante Neymar na véspera da disputa da Copa do Mundo. O prazo de recuperação é de três meses.

O argentino Leandro Desábato, por sua vez, fraturou o dedo mínimo do pé direito. O volante não precisa ser submetido a nenhuma intervenção cirúrgica. A expectativa é que o camisa 5 retorne aos gramados em no máximo quatro semanas. Em entrevista ao Site Oficial, o médico Carlos Fontes Filho falou sobre a situação dos atletas.

"O Leandro Desábato apresenta uma fratura no quinto dedo do pé direito. É uma fratura que não possui indicação cirúrgica, porém causa dor ao atleta e não permite que ele utilize os calçados necessários para as atividades de jogo e treino. Esse tipo de fratura tem previsão de consolidação de quatro semanas. Vai ser acompanhado diariamente até a dor na região chegar ao fim. O Bruno apresenta uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo com indicação cirúrgica. Foi submetido a uma cirurgia pela manhã e tem previsão de volta para três meses. A cirurgia ocorreu de forma tranquila, sem intercorrências", explicou o médico Carlos Fontes ao site oficial do Vasco.

Leia mais sobre: Leandro Desábato, Bruno Silva

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »